Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

Sicoob é pioneiro na integração com serviço de bloqueio a celulares roubados lançado pelo Governo Federal

O Governo Federal lança nesta terça-feira (19), o aplicativo “Celular Seguro”. Ele permite que as pessoas denunciem perda, roubo ou furto do aparelho por meio do Gov܂br. A partir daí, o sistema avisa simultaneamente desde as instituições financeiras, Anatel, operadoras de telefonia e serviços online para que realizem o bloqueio do aparelho.
 

ASSINE AGORA! Não saia sem garantir 30 dias GRÁTIS
A Bits & Geeks leva até você matérias completas e material exclusivo do mundo da tecnologia.

Close this popup

O Sicoob, instituição financeira cooperativa, foi um dos primeiros players a realizar a integração ponta a ponta com o “Celular Seguro”. Com a colaboração do Sicoob, a partir de agora a população tem mais um serviço para bloquear o acesso de criminosos às contas bancárias, prevenindo movimentação financeira suspeita em seus aplicativos.
 

“Nossa participação no projeto foi muito sólida, porque fomos o piloto nessa ação do Governo Federal, que visa combater fraudes a partir do roubo e furto de smartphones. Isso está totalmente alinhado ao nosso objetivo de garantir segurança e inovação para todos os nossos cooperados”, afirma Antônio Vilaça Júnior, diretor de Tecnologia do Sicoob.
 

Para usar o serviço, o cidadão precisa realizar seu cadastro a partir do login no portal Gov܂br e registrar os dados do aparelho, além de cadastrar uma pessoa de confiança, que poderá registrar ocorrência.
 

No momento da perda, roubo ou furto do dispositivo, com os dados do aparelho previamente cadastrado, a vítima ou a pessoa de confiança cadastrada poderão realizar o registro da ocorrência.
 

Após o registro de ocorrência, o Ministério da Justiça notificará as Instituições Financeiras conveniadas, solicitando ações preventivas de bloqueio de contas/dispositivos associados ao CPF da vítima. No caso do Sicoob, após o recebimento da notificação pelo MJSP o procedimento será iniciado de imediato, garantindo ainda mais segurança aos cooperados, comenta Vilaça.
 

A partir de 20 de dezembro, o aplicativo “Celular Seguro”, desenvolvido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, estará disponível nas lojas oficiais (Apple e Google).
 

O Sicoob espera que a adesão à solução “Celular Seguro” reduza as ocorrências de fraudes envolvendo roubo/furto de celulares e ofereça ainda mais segurança aos cooperados.

Antônio Vilaça – Foto: Divulgação Sicoob

Sobre o Sicoob
Instituição financeira cooperativa, o Sicoob tem mais de 7,6 milhões de cooperados e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. Oferece serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outras soluções financeiras. É formado por 338 cooperativas singulares, 14 cooperativas centrais e pelo Centro Cooperativo Sicoob (CCS), que é composto por uma confederação e um banco cooperativo, além de uma processadora e bandeira de cartões, administradora de consórcios, entidade de previdência complementar, seguradora e um instituto voltado para o investimento social. Ocupa a primeira colocação entre as instituições financeiras com maior número de agências no Brasil, com mais de 4,5 mil pontos de atendimento, e, em mais de 390 municípios, é a única instituição financeira presente

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar