fbpx

Testei a TV QLED C715, da TCL. Os pontos quânticos compensam?

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Assine nossa newsletter

Seguindo firme com a proposta de fazer reviews de produtos sem falar de termos técnicos encaro o desafio de falar com você da TV QLED C715 e explicar o que são pontos quânticos. Mas vamos lá que eu não fujo de uma boa briga.

Assine nossa newsletter

Se a gente pegasse uma hipotética lente de aumento super potente e colocasse na imagem da sua TV veríamos que ela é composta por pontos luminosos bem pequenos. Esses pontos acendem e apagam, ficam mais claros ou escuros e mudam de cor. É a coordenação desse movimento desses pontos de luz que gera a imagem que aparece na TV.

Assim quanto mais independentes, potentes e versáteis esses pontos forem, melhor será a qualidade da imagem e o grau de possibilidade deles apagarem para gerar o preto ou cores mais viva, melhor será a sua experiência. Caminhamos para um mundo onde nem o olho humano conseguirá ler a qualidade das imagens do futuro (mas ainda estamos um pouco longe disso).

Assim os tais pontos quânticos – o Q do QLED – prometem essa qualidade melhor que as demais tecnologias de LED. E de fato isso acontece, pelo menos, foi o que senti nos meus testes. Confira o comparativo abaixo:

Eu pude fazer esse teste incrível que foi colocar ela frente a frente com a TV LED P8M e o aumento de qualidade e brilho das imagens é nítido.

O áudio chega a preencher o cômodo de forma muito agradável e com qualidade de cinema, isso por conta da tecnologia Dolby Atmos, a mesma usada nas grandes telas. Claro que um filme com essa tecnologia expande a experiência. A origem do que você está assistindo é importante para que você tenha a melhor imagem e o melhor áudio, mas explico isso a seguir.

Assistir filmes em 4K nela a uma das melhores experiências com uma TV que já tive.

Conectividade e casa inteligente.

A TV TCL tem hoje um dos melhores sistemas de TV inteligente: o Android TV. Como isso é possível adicionar programas e funcionalidades como um navegador para internet e até jogos.

E outra vantagem é o Google Assistente embarcado e com isso o televisor vira uma grande central de controle da casa inteligente. Dá pra ligar e apagar luzes, pedir receitas, ver a agenda de compromissos do dia e até fazer uma lista de compras. Tudo com comando de voz e aqui outra inovação da TCL, não é mais preciso apertar o botão de Google Assistente e falar no microfone do controle remoto. Com a TV ligada é só falar OK Google e mandar o comando. Ela está te ouvindo o tempo todo.

É como se você tivesse uma Google Nest, um Chromecast e uma TV num só aparelho. E vai por mim depois que você começa a usar é um caminho sem volta.

Mas nos meus testes notei um problema ao fazer streaming dos meus serviços, por exemplo, ao enviar um filme da HBO ou de Amazon Prime Video do meu celular para a TV. O filme ficava engasgando toda hora não causando uma boa experiência ao assistir. Mas foi feita uma análise do problema pelo competente time de engenheiros da TCL. Era algo que eles já haviam identificado e foi gerada uma atualização da TV, ou seja, de acordo com a marca, se você estiver tendo esse mesmo problema agora é só verificar se ela está super atualizada, e ao rodar a atualização o problema deve ser resolvido.

Qualidade de imagem e som é uma série de fatores.

Num mundo onde as pessoas consomem cada vez mais conteúdo vindo de streaming nem sempre o problema da qualidade da imagem está na TV em si (aqui falando de todas elas e não só da TCL) e eu alertaria o querido leitor e a querida leitora para dois fatores importantes: a qualidade da sua banda larga e a qualidade do WiFi da sua casa, e isso implica num bom roteador, focado em conteúdo 4K: é que esses equipamentos que são entregues de forma gratuita pela operadora nem sempre dão conta de entregar todo tráfego de dados. E nem todo mundo consegue simplesmente puxar um cabo de rede.

E por fim é importante vermos que o seu pacote de streaming precisa ser assinado com a opção 4K, normalmente o mais caro, e que aquele filme ou série que você está vendo esteja sendo oferecido em 4K. Aqui onde eu faço os testes eu tenho acesso aos melhores equipamento e a melhor internet disponível no bairro onde eu moro. Quando a fonte não é em 4K a TV irá aplicar um filtro para elevar a qualidade da imagem e foi o tempo que estes filtros mais borravam que ajudavam. Agora há sim um ganho de qualidade, mas é sempre bom reforçar: quanto melhor sua origem, melhor o resultado final e a TV faz mil coisas, menos mágica.

Mas vale a pena comprar a TV QLED C715?

Se você pretende trocar sua TV mais velhinha ou que já tem uns dois anos de uso eu acredito que essa TV é ideal, justamente por oferecer uma experiência de imagem e som de fato de cinema e mais atualizada. Agora se você acabou de comprar uma TV de LED como a TCL P8M eu esperaria um pouco já que você terá de fato um ganho de imagens, mas não penso que seja um que justifique a troca imediata.

O pacote que inclui o Google Assistente sem a necessidade de uso do controle remoto e o Chromecast integrado são um valor agregado interessante e que deve ser colocado na balança na hora da escolha por este modelo da TCL.

O design é clean e a instalação super simples, podendo se usar os pés fornecidos ou ainda fixada na parede com o uso de suportes específicos facilmente encontrados em casas de ferragens.

A TCL me enviou para testes a TV QLED C715 por um período determinado para que eu pudesse usar no meu dia-a-dia e passar minhas impressões para você. Eu aproveito para agradecer a marca pela parceria de sempre.

Assine nossa newsletter
88%
Dá um up na qualidade de som e imagem e te deixa mais perto da experiência do cinema

TV QLED C715?

  • Design
  • Qualidade da imagem
  • Qualidade do áudio 9
  • Facilidade de instalação e configuração
  • Conectividade
  • Design

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais