Testei o ADS2800DW – Scanner de mesa compacto da Brother

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Assine nossa newsletter

É sempre bom testar tipos novos de equipamentos e foi essa a sensação que eu tive ao testar o ADS2800DW – Scanner de mesa compacto da Brother. Bom usar scanner eu já uso há muito tempo, mas sempre na versão horizontal e normalmente acoplado a uma multifuncional.

Já este equipamento tem apenas a única função de digitalizar documentos e faz isso muito bem. Ele realmente é compacto, como o nome promete, e possui extensores para se adaptar aos variados tamanhos de espaço e documentos sem que eles caiam no chão.

Assine nossa newsletter

Além disso em uma única passagem é possível digitalizar dois lados do documento de uma só vez.

Ele possui todos os controles por uma tela de toque e dois botões laterais que cancelam uma atividade ou voltam ao menu principal. A operação é simples e de fácil entendimento.

Versatilidade.

Para médios e grandes fluxos de trabalho, esse equipamento possui conexão Wireless e compatibilidade os softwares ABBYY®  FineReader Sprint v.12, ABBYY® PDF Transformer+ (Windows®), Nuance™ PaperPort 14 SE (Windows®) e BrotherControl Center.

Além dos papéis, ele pode digitalizar cartões de plástico, fotos e documentos com até 497,8 cm de comprimento. O display acessível de 3,7”, é possível ter o auxílio dos 48 atalhos presentes na máquina.

A velocidade máxima pode chegar a 30 páginas por minutos. E ela possui conexão wifi, ou seja dá pra operar pelo celular, direto pelo cabo USB (como foi o meu caso), conectado pela rede, são várias opções.

Como foram meus testes.

Como eu não tenho nenhum volume interessante de documentos para digitalizar resolvi usar algumas fotos antigas que eu tenho aqui em casa. Então coloquei cerca de 30 fotos de vários tamanhos e fiz os ajustes direto na tela de toque do ADS2800DW. Exige uma cerca prática acertar o tamanho e também como foram fotos de diferentes tamanhos algumas ficam com uma margem branca, mas nada que uma edição muito rápida num programa tão simples quanto o paint não resolva.

E aí a máquina de fato voa. Eu fiquei pensando o tempo que eu levaria levantando e abaixando a tampa do meu scanner tradicional para fazer a mesma coisa que levou menos de um minuto.

Aumentando a qualidade para 600 DPI, mesmo sendo fotos beeem antigas ele deu conta do recado tranquilamente. Esse aqui é um dos resultados.

Resultado final do scanner (somente limpadas as bordas em branco)
Outra imagem digitalizada em 600 DPI mas com tamanho reduzido para facilitar o carregamento da imagem.

Eu também fiz alguns testes com o OCR do equipamento. OCR é uma tecnologia que permite digitalizar páginas de texto e fazer a conversão em um arquivo editável. Grosso modo é como se o scanner fizesse a leitura do texto e já entregasse ele digitado para você.

O texto abaixo em destaque foi totalmente gerado pelo sistema do scanner a partir de um original impresso num A4 em folha de sulfite (colocado exatamente como gerado, sem correções):

P8M  é uma  smart TV Android  com inteligência artificial, resolução 4K e tecnologia de tela  micro   dimming, que oferece  qualidade de som  imersiva com  sistema de áudio Dolby   e  conectividade  por Bluetooth. O  modelo    também está equipado   com as mais   avançadas  funções inteligentes que  ajudam os usuários a  adotar uma vida  mais prática e personalizada. A  smart  TV P8M  chega As lojas em telas de 50" (R$ 2.399,00), 55"   ($ 2.999,00) e 65"  R$  4.499,00). Design  Combinação  de tecnologia   com  borda finas, espessura slim e acabamento   metálico; Funções   Smart TV  com Inteligência artificial + Android: uma evolução de como você vai ver, ouvir  e interagir com a sua TV, com Google Assistant, Chromecast  buit-in e Google Play; Controle  remoto com   comando   de voz em   português (google assistente): uso para  recomendação     de conteúdos como    informações de tempo, trânsito, filmes, curiosidades etc.;  APPs já integrados: Nefflix, Youtube, Globo  Play e Google Play; Conexão   Bluetooth: a liberdade de não usar fios! 

E é bom lembrar que pelo formato desse scanner ele não é recomendado para quem precisa digitar documentos que estejam encadernados em formato de livro, mas para documentos soltos em geral ele dará conta do recado tranquilamente.

Meu veredito

A primeira coisa que preciso deixar claro ao leitor é que esse não é um scanner para uso doméstico. Por conta da sua potencia e robustez ele é focado para o mercado corporativo que tem demandas elevadas de digitalização de documentos.

Profissionais liberais tais como advogados, arquitetos, corretores de seguro e afins terão nesse equipamento um grande aliado e com o tempo economizado poderá se pagar em poucos meses.

Em todos os testes com OCR, fotos ou documentos o equipamento se comporta como o esperado. Permite vários tipos de conexões o que garante uma entrada rápida em qualquer formato de rede que a empresa utiliza.

98%
Dá conta de grandes volumes

ADS2800DW - Scanner de mesa compacto da Brother

  • Design
  • Velocidade da digitalização
  • Facilidade de uso
  • Conectividade
  • OCR - Reconhecimento de caracteres
Assine nossa newsletter

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais