TOTALMENTE INDEPENDENTE, FILME NACIONAL ‘‘PRA ONDE LEVAM AS ONDAS“ É INDICADO A DIVERSOS FESTIVAIS INTERNACIONAIS

Em um período de isolamento social, onde a cultura e a arte têm sofrido duras consequências da crise e o cinema vive um dos momentos mais desafiadores da sua história, com grandes estreias adiadas ou até mesmo canceladas, o inusitado neo noir nacional zero-orçamento “Pra Onde Levam as Ondas” começou sua corrida pelos festivais internacionais de cinema em Março de 2021.

Totalmente independente e sem apoio financeiro, o filme traz humor irônico e viradas surpreendentes em um estilo ainda pouco disseminado no Brasil. Sua estrutura não linear transforma o longa em um quebra-cabeça que prende o espectador e o convida a montá-lo ao longo de sua exibição. Em apenas dois meses, o filme entrou na Seleção Oficial do International New York Film Festival em Nova Iorque, no Brazil International Film Festival no Rio Janeiro, foi indicado a quatro categorias incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor no OTB Film Awards em Miami além de ter contado com uma estréia mundial no festival Lift-Off Global Network no Reino Unido, onde ganhou o prêmio de Melhor Filme e Melhor Audiência e ter levado o prêmio de Melhor Elenco no Vesuvius International Film Festival, na Itália.

            Dirigido pelo jovem roteirista e diretor Dan Albuk, o filme traz no elenco Hugo Carvalho no papel de “Virgil”, que teve seu último trabalho no longa “O Filho do Homem” – disponível na Amazon Prime Video; Paulla Carniell, no papel de Éden, vencedora do prêmio de melhor atuação no 8º Filmworks Film Festival; Oscar Calixto no papel de Pablo, com mais de 20 anos de carreira e último trabalho na série “Brazil Imperial” disponível na Amazon Prime; Mirela Pizani no papel de Marina, atriz, que integrou a terceira temporada da série da Fox “Todos Contra Um” e influenciadora digital com mais de 1,5M de seguidores no YouTube e Instagram; Bruno Seixas, vencedor do premio de Melhor Ator no Cinefest 2017, no papel de Tom.

            “Pra Onde Levam as Ondas” foi rodado na cidade do Rio de Janeiro em um cenário de zero orçamento, sem investidores ou apoio governamental, contando apenas com o esforço voluntário de equipe e elenco, do Brasil e ao redor do mundo, que acreditaram no potencial do projeto. Foram mais de três anos desde a roteirização até a finalização do longa-metragem, que agora está correndo os festivais de cinema pelo mundo.

SINOPSE

            Durante uma de suas sessões de fotografia voyeur, Virgil, um introspectivo agente funerário, avista a sua próxima modelo: Éden, uma jovem musicista em começo de carreira. Das lentes para uma obsessão, Virgil deve enfrentar antigos demônios para conquistar Éden não só em suas fotos.

SOBRE O DIRETOR

            DAN ALBUK é escritor, cineasta e lançou aos 19 anos seu primeiro livro “Lerulian: A Queda da Cidade dos Homens”, caminhando logo em seguida para o audiovisual. Com seu primeiro curta-metragem “Persona” ganhou 5 prêmios, incluindo o de Melhor Filme, no Festival 72 Horas Rio, abrindo portas para outros roteiros e direções em diversos outros projetos pelo Brasil. Recentemente, escreveu, produziu e dirigiu, o longa-metragem zero orçamento “Pra Onde Levam as Ondas”, que está na corrida de festivais de cinema pelo mundo e já alcançou prêmio como Melhor Filme, Melhor Elenco e Melhor Audiência. 

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.