Turma da Mônica apresenta nova exposição Donas da Rua da História

As personagens da Turma da Mônica invadem a Secretaria de Cultura de Itaquaquecetuba (SP) pela primeira vez. Destacando mulheres que atuam nas áreas da arte, ciência, educação, empreendedorismo e esporte, a exposição Donas da Rua da História homenageia 56 nomes que marcaram a humanidade com suas ações revolucionárias.

A exposição comemora o sucesso do projeto Donas da Rua, que está em seu quinto ano, criado para fomentar o empoderamento de meninas e mulheres. Desde 2016, a ação tem como um de seus objetivos trazer visibilidade às mulheres notáveis para que se tornem exemplo, incentivem e conscientizem outras meninas e mulheres de que todas são capazes de marcar a história da humanidade. Essa proposta da MSP demonstra seu compromisso como signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres, plataforma da ONU Mulheres e Pacto Global.

As Donas da Rua da História são representadas pelas tão conhecidas personagens do Bairro do Limoeiro. Ao caminharem pela exposição, os visitantes poderão conhecer cada feito das homenageadas, além de suas histórias. Entre as homenageadas, com traços de Magali e Milena, estão as cientistas Ester Sabino e Jaqueline Goes, que se destacaram ao sequenciar o genoma do coronavírus dois dias após o registro do primeiro caso da doença no Brasil.

Milena retrata a líder quilombola Tereza de Benguela, a escritora Ruth Guimarães e a empreendedora Adriana Barbosa, entre outras mulheres negras que fizeram e fazem história. A dona da rua Mônica homenageia a grande escritora Clarice Lispector, a prêmio Nobel da Paz Malala Yousafzai, que se destacou pela defesa do direito das meninas ao estudo, e a técnica da seleção brasileira feminina de futebol, Pia Sundhage. Dorinha, por sua vez, destaca a educadora Dorina Nowill, criadora da Fundação Dorina Nowill para Cegos, e Anne Sulivan, responsável por ensinar Helen Keller, uma adolescente surdo-cega, por meio do tato.

Para Mônica Sousa, criadora do projeto Donas da Rua e diretora-executiva da Mauricio de Sousa Produções, reconhecer e evidenciar grandes nomes femininos para que sirvam de inspiração é um passo para o empoderamento. “Trazer mais visibilidade às mulheres notáveis para que sejam exemplo e incentivem outras é nosso papel, não apenas como empresa, mas como participantes de uma sociedade que só tem a ganhar com maior protagonismo feminino”, pontua. Segundo ela, ao destacar esses nomes e muitos outros que ainda estão por vir, é possível incentivar outras meninas e mulheres a criarem a consciência de que todas são capazes e competentes de atingirem seus objetivos na vida e sobressair, independentemente do que façam.

Os fãs da turminha poderão conhecer a mostra até o dia 3 de novembro. A exposição é gratuita e para visitá-la, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, é necessário fazer o agendamento por telefone. As visitas ao local são controladas e todas as medidas de segurança estão sendo mantidas, como o distanciamento e o uso de máscara e álcool gel.

Mais informações sobre o projeto no site: www.turmadamonica.com.br/donasdarua

Serviço
Exposição Donas da Rua da História
Local: Secretaria de Cultura de Itaquaquecetuba
Endereço: Av. João Fernandes da Silva, nº 53, Vila Virgínia, Itaquaquecetuba, São Paulo
Data: Até 3 de novembro de 2021
Horário de Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Agendamento: (11) 4754-2111
Gratuito

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.