“Um Dia Qualquer” mostra forças envolvidas nas comunidade dos subúrbios cariocas

Assine nossa newsletter

Essa semana a Turner realizou coletiva de imprensa on-line para falar sobre sua mais nova produção nacional “Um Dia Qualquer” que estreia segunda, dia 17 de agosto, às 22h, no SPACE.

Reprodução coletiva on-line Turner / Space

Eu pude assistir os cinco episódios de vinte e cinco minutos cada e conferi uma série bem dinâmica e muitas vezes angustiante ou asfixiante. Além de um roteiro bem conciso (mas que pode ficar confuso em alguns momentos nas idas e vindas temporais) e uma direção competente, o ator Augusto Madeira que faz o papel do protagonista Quirino rouba a cena fazendo um personagem complexo e com várias nuances muito bem pontuadas. É sem dúvida um alto da série.

É muito interessante ver como a série mostra os diversos poderes envolvidos naquele cenário e não só o do crime organizado. A estética da série tem uma pegada bem escura e que lembra muito outras obras do mesmo tema, funciona bem mas não apresenta nada de novo.

O tema é muito atual e não há como assistir a série sem pensar e traçar paralelos com o cenário político brasileiro, além da violência urbana. E sobre essa ótica a série deve repercutir . Na coletiva os atores Mariana Nunes (Penha), Jefferson Brasil (Seu Chapa) falaram um pouco também sobre as nuances dos seus personagens e a relevância do tema.

foto: Divulgação/Turner do Brasil / Space

Vale ainda destacar uma empresa de peso como a Turner investindo na produção audiovisual brasileira de um jeito muito especial e não só para cumprir tabela.

O Blog do Armindo teve acesso antecipado à série e à coletiva de imprensa a convite da Turner. Eu aproveito para agradecer a parceria de sempre.

Confira informações completas de  “Um Dia Qualquer”

Quando o Estado é omisso, forças paralelas assumem seu lugar. Milícia, tráfico e corrupção fazem parte de uma combinação explosiva em que a principal vítima é a comunidade dos subúrbios cariocas.

Na segunda, dia 17 de agosto, às 22h, o SPACE estreia “Um Dia Qualquer”, sua mais nova série repleta de emoções, em coprodução com a Elixir Entretenimento Com Domínio Filmes, direção de Pedro von Krüger e produção de Denis Feijão. A série irá ao ar de segunda a sexta, com exibição de um episódio por dia, no mesmo horário. No sábado, dia 22 agosto, o canal traz com exclusividade uma maratona completa, a partir das 18h.

Acredito que a arte cinematográfica tem a importância de ampliar o debate sobre temas complexos do nosso tempo. Quando eu criei a série “Um dia qualquer” pensei que o avanço das milícias e seu poder paralelo, a injustiça social sofrida pela população negra, as buscas das mães de vítimas da violência e as agressões domésticas decorrentes do machismo, são questões que precisam ser resolvidas na nossa sociedade atual”, diz o diretor Pedro von Krüger.

A série de drama-ficção conta com cinco episódios, de 25 minutos cada, e traz em seu elenco nomes como Augusto Madeira (Quirino), Mariana Nunes (Penha), Jefferson Brasil (Seu Chapa), Vinicius de Oliveira (Maciel), Willean Reis (Beto), André Ramiro (Participação especial – Delegado), Juan Paiva (Juninho), Eli Ferreira (Jéssica), Samuel Melo (Robson), Tainá Medina (Bruna), Adriano Garib (Participação especial – Dr. Menezes), entre outros.

Sob os pilares “Drama Materno”, “Milícia/Violência” e “Emoções Extremas”, “Um Dia Qualquer” mostra que um dia qualquer nos subúrbios cariocas pode ser qualquer coisa, exceto algo comum. Por trás de um cotidiano aparentemente simples e rotineiro, a violência diária e o clima de guerra civil obrigam os moradores a iniciar uma verdadeira jornada por sobrevivência. Neste delicado momento para os moradores, diversas histórias se misturam e mostram que viver mais um dia pode não ser tão fácil assim. E revela ainda as entranhas e, principalmente, a maneira como nasce e se consolida o poder paralelo em uma zona esquecida pelas instituições públicas.

Em um retrospecto de 10 anos, vemos o tráfico de Seu Chapa perder espaço para Quirino, um correto Policial Civil que passa a adequar suas convicções às novas dimensões: os fins, agora, justificam os meios.

“A série pretende ser não só uma forma de entretenimento, mas também um questionamento sobre a violência que cerca o cidadão carioca e de outras regiões do país comandadas por um poder paralelo, em uma realidade em que a violência é legitimada, e qual a consequência para as pessoas que criam e executam a própria lei.”, finaliza o produtor Denis Feijão.

 

Assine nossa newsletter

ELENCO COMPLETO

Adriano Garib (Dr. Menezes), Antônio Saboia (Ceceu), Diego Goulart (Thundercats), Gabriel Leal (Emerson), Helena Giffone (Evangélica), Joelson Medeiros (Pastor),

Jorge Paz (Miliciano), Junior Fair (Sinistro), Lorena da Silva (diretora da escola), Matheus VK (Músico da igreja), Pablo Barros (Maicon), Pablo Vinícius (Bate-Bola), Perfeito Fortuna (dono da farmácia), Phillipp Lavra (Ivan), Pierre Santos (Policial Varela), Rudson Dias (Folião), Sandrão RZO (traficante 1), Zé Mario Farias (Alcebíades).

 

FICHA TÉCNICA:

Produção: Elixir Entretenimento e Com Domínio Filmes
Coprodução: Canal Space, Pipa Produções, Cinecolor Digital, Naymar, Lox, Mix Estúdios, Soul City Prod e Filmes do Bem

Direção: Pedro von Krüger

Produtor e Produtor Executivo: Denis Feijão

Roteiro: Pedro von Krüger, Leonardo Gudel, Victor Rosa e Bernardo Doutel

Direção de Fotografia: Jacques Cheuiche

Montagem: Pablo Ribeiro

Direção de Arte: João Bueno

Figurino: Helena Byington

Maquiagem: Sandro Valério

Som Direto: Marcel Costa e Evandro Lima

Trilha sonora original: BID

Desenho de som: Rodrigo Ferrante

“Um Dia Qualquer” estreia dia 17 de agosto às 22h no canal SPACE. Exibição de um episódio por dia, entre os dias 17 e 21 de agosto, às 22h. Maratona completa: sábado dia 22, a partir das 18h.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.