Um rino a procura de um amor no Tinder

Assine nossa newsletter

O Ol Pejeta Conservancy se uniu ao Tinder, o maior aplicativo do mundo para conhecer novas pessoas, para lançar uma campanha para chamar a atenção para “O Solteiro mais Cobiçado do Mundo” – Sudan, o rinoceronte-branco, literalmente o último da espécie. O objetivo é arrecadar os US$ 9 milhões necessários para proteger o rinoceronte-branco do norte da extinção.
Sudan não é só o solteiro mais cobiçado, como também é um dos machos mais protegidos do planeta, cercado de guardas armados. Ele é, literalmente, único. Sudan vive sua vida de solteiro no Conservancy com duas rinocerontes, Najin e Fatu. Eles não conseguiram procriar naturalmente por uma série de problemas, entre eles a idade avançada. Entretanto, existem outras 17 mil potenciais pretendentes rinoceronte-branco fêmeas. E é aí que entra o Tinder!
O perfil de Sudan está disponível a partir do dia 25 de abril.
 

“Somos parceiros do OI Pejeta Conservancy para dar a chance ao solteiro mais cobiçado do mundo de encontrar o seu match”, comenta Matt David, diretor global de marketing e comunicação do Tinder. “Estamos otimistas, já que o perfil do Sr. Sudan será visto no Tinder em 190 países e em mais de 40 idiomas”.
O Conservancy pretende arrecadar fundos para completar a pesquisa em andamento sobre Técnicas de Reprodução Assistida (ART, em inglês), realizada por um grupo de instituições. Uma vez aperfeiçoada, esta tecnologia – em particular a Fertilização In Vitro – ajudará a gerar gestações, que gradualmente construirão um rebanho viável de rinocerontes-branco do norte. Se bem-sucedida, esta será a primeira vez que os cientistas conseguirão realizar reprodução artificial em rinocerontes.
Richard Vigne, CEO da OI Pejeta Conservancy, diz que “isso representa a última opção para salvar a espécie depois que as outras tentativas de procriar se mostraram ineficientes”.
“Acreditamos em marcas relevantes. E sermos parceiros do Tinder para o OI Pejeta era óbvio. Estamos honrados e muito orgulhosos de fazer parte desta campanha, que terá um impacto positivo na espécie dos rinocerontes-branco do norte, atualmente em risco de extinção”, comenta Mathieu Plassard, diretor regional da Ogilvy África.
“A situação que os rinocerontes-branco do norte enfrentam é um sinal do impacto que a humanidade tem causado em milhares de outras espécies em todo o mundo”, acrescenta Vigne.
“Salvar o rinoceronte-branco do norte é fundamental se quisermos, um dia, reintroduzirmos a espécie na África Central”, segundo Vigne. “Eles têm traços genéticos únicos, que os capacitam a viver nesta parte da África. Por último, o desejo de reintroduzir uma população viável do rinoceronte-branco do norte na natureza é onde mora o verdadeiro valor do que será realizado”.
A pesquisa, que é conduzida atualmente pelos Estados Unidos, Alemanha e Japão, tem como objetivo formar um rebanho de 10 rinocerontes-branco do norte depois de cinco anos de Fertilização In Vitro. “O suporte financeiro ainda é o maior desafio deste projeto. Para ganhar esta corrida contra o tempo é crucial encontrar fundos o mais rápido possível”, afirma Steven Seet, diretor de comunicação da Leibniz-IZW, parte do consórcio de pesquisa.
Status da pesquisa
O Grupo Europeu do Rinoceronte-Branco do Norte, formado por especialistas internacionais em zoologia, reuniu-se em março deste ano para discutir os próximos passos para tirar a espécie dos ameaçados de extinção.
Nos últimos dois anos, os especialistas desenvolveram uma técnica conhecida como seleção de óvulos (OPU, em inglês) em rinocerontes-branco do sul, que seleciona os óvulos das fêmeas da espécie. Enquanto as primeiras etapas do desenvolvimento embrionário já foram alcançadas, os cientistas agora enfrentam um novo desafio para manter as células vivas por tempo suficiente para amadurecerem e serem fertilizadas, para que possam se desenvolver como embriões adequados para serem transferidos.
Entretanto, os cientistas estão otimistas que conseguirão colher e amadurecer ovócitos dos últimos rinocerontes-branco do norte em 2017. Se bem-sucedido, a OPU será conduzida em duas fêmeas na espécie, Najin e Fatu, nos próximos meses. Uma vez fertilizadas, usando o sêmen armazenado, os embriões resultantes serão implementados em fêmeas hospedeiras da mesma espécie, na esperança de conquistar mais gestações de rinocerontes-branco.
Sobre a OI Pejeta
Somos cuidadores da Terra, protegendo espécies ameaçadas de extinção e garantindo a abertura e possibilidade de conversação para todos. Uma atitude inovadora é parte da nossa mudança, empoderamos as pessoas para pensar da mesma forma e adotar novas abordagens de conservação. Fornecemos experiências de natureza selvagem, suportadas por técnicas de conversação cientificamente comprovadas e interações genuínas com a vida selvagem.
Estamos no maior santuário de rinocerontes-negro no leste da África, o único lugar no Quênia em que é possível ver chimpanzés; cuidamos de uma das maiores densidades de predadores na Laikipia e oferecemos experiências únicas de turismo.
Por meio de empresas e com a ajuda de doadores (pequenos e grandes), a OI Pejeta Convervancy trabalha para desenvolver os recursos necessários para fazer com que o nosso trabalho de conversação selvagem funcione, e fornecer assistência financeira para projetos que ajudam as pessoas que vivem nas comunidades vizinhas.
No fim de 2016, a OI Pejeta Convervancy arrecadou e espalhou mais de US$ 6.5 milhões para apoiar o programa de desenvolvimento das comunidades. Trabalhamos com o governo local e com uma variedade de representantes selecionados no distrito para identificar projetos que os qualificam para ajudar a Conservancy.
Todos os projetos são avaliados individualmente e devem ter elementos de contribuição comunitária. Queremos nos concentrar nas seguintes áreas: saúde, educação, água, estradas, agricultura e serviços de extensão pecuária e desenvolvimento do turismo em comunidades locais. Baseados em pesquisas socioeconômicas, queremos fornecer o apoio necessário para identificar as necessidades reais e fazer realmente a diferença na vida das pessoas que moram próximas a nós.
Para mais informações, acesse http://www.olpejetaconservancy.org/community/ol-pejeta-communities/.
Sobre o Tinder
Lançado em 2012, Tinder é o aplicativo líder mundial para conhecer novas pessoas. Com seu alcance global, pessoas em 190 países estão clicando no coração para se conectar umas com as outras, deixando o Tinder no top 10 dos aplicativos de lifestyle em mais de 110 países. Em 2015, a empresa lançou o Tinder Plus, oferecendo vantagens premium para os usuários, o Rewind e o Passport. A cada dia, são mais de 26 milhões de matches, com mais de 20 bilhões de matches desde o lançamento.
Sobre a Ogilvy África
A Ogilvy África é a principal agência de comunicação da África.
Operando em 26 países na Áfria Subsaariana, a Ogilvy África é a maior e mais premiada agência do continente.
Somos também uma das agências a mais tempo na região, com relacionamento com clientes há mais de duas décadas.
Fazemos parte da Ogilvy Worldwide, uma das maiores companhias de marketing e comunicação no mundo.
Ogilvy foi nomeada a Cannes Lions Network do Ano por cinco anos consecutives: 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016; EFFIEs Agência de Network mais Eficaz do Mundo em 2012, 2013 e 2016; e Adweek Agência Global do Ano em 2016.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.