Unidas anuncia apoio à equipe de eSports

Os números são sempre astronômicos, seja ao mencionar as cifras, o crescimento no mercado, jogadores ou fãs. Não há dúvida de que os e-Sports já conquistaram seu espaço no coração dos brasileiros. Com uma gigantesca variedade de opções para todas as idades, preferências e gostos, os esportes eletrônicos são parte da rotina nacional e se mantém como importante fonte de lazer. De olho neste universo e no crescente interesse mundial pelas modalidades eletrônicas, a Unidas passa a apoiar uma equipe que tem como principal foco o Free Fire, o game mobile mais baixado no Brasil e no mundo nos últimos dois anos. Com isso, o nome da Unidas passará a fazer parte do nome da equipe: GOD UNIDAS.

“O mundo dos eSports tem conquistado cada vez mais entusiastas e adoradores, democratizando o acesso a todos os públicos e idades. É por isso que queremos apoiar mais essa paixão nacional, com o intuito de aproximar a Unidas das pessoas e de diferentes gerações”, explica Antonio Guerardi, Diretor de Marketing da companhia.

Grandes marcas já apostam nos eSports – algumas formaram equipes e outras patrocinam equipes já existentes. Porém, no ramo da locação de automóveis, a Unidas é a primeira empresa de porte nacional a apoiar o mundo dos gamers.

Criado em 2017, o Free Fire já o principal título mais jogado no Brasil – segundo a eBrainz, são cerca de 25 milhões de jogadores no país, seguido de muito longe pelo League of Legends (LoL), com seus aproximadamente 3 milhões de jogadores. E o fenômeno não é apenas nacional – no ano passado, foi o game mais baixado aqui e no mundo, além de ter sido o terceiro mais assistido no Youtube, com 72 bilhões de visualizações.

GOD UNIDAS

Escolhida para receber o apoio da Unidas, a equipe GOD, que agora passa a se chamar GOD UNIDAS, foi criada há dois anos por um dos atletas precursores do Free Fire no Brasil. Desde então, está sempre presente nos principais espaços dos rankings da liga nacional e também já obteve ótimos resultados em competições internacionais.

Em julho e em outubro deste ano, a equipe estará focado nas disputas da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF). Em tempos de competições, o time fica alocado na Gaming House da GOD UNIDAS, localizada em São Paulo. Os atletas, com idades entre 16 e 20 anos, passam a ter horário para treinar, estudar, momentos de lazer e atendimento com profissional de psicologia. Tudo sob o olhar atento de um treinador e dos managers .

“O apoio da Unidas será muito importante e certamente mudará a história da equipe. Nosso objetivo é crescer dentro de um cenário que oferece tantas oportunidades, além de poder expandir o nosso portfólio e equipe para outros jogos e plataformas. Essa parceria é fundamental para isso!”, comenta Rafael Magalhães, um dos diretores da equipe.

O mercado dos e-Sports

Quando se fala em faturamento, os games já superaram o cinema, a música e o mercado de streamings. Os valores da indústria de jogos variam entre US$ 120 bilhões e US$ 160 bilhões a depender do estudo, mas todas concordam que ela já vale mais que as indústrias do cinema e da música juntas. Em 2021, inclusive, pela primeira vez, a indústria de games ganhou seu primeiro Oscar. O filme “Collete” levou a estatueta de melhor curta-metragem na maior premiação do cinema do mundo e é uma produção feita para um jogo que pode ser desbloqueada e baixada pelos jogadores para ser assistida em um equipamento de realidade virtual.

Enquanto a indústria não para de quebrar recordes de crescimento e visibilidade, os números de faturamento também não param de subir – segundo a Newzoo, o mercado de eSports irá faturar US﹩ 1 bilhão pela primeira vez em 2021, superando em 14,5% o ano anterior.

A Newzoo aponta que o Brasil é o terceiro país com mais entusiastas de eSports, atrás apenas dos Estados Unidos e da China. Não à toa, a imprensa passou a dedicar programas e editorias com coberturas exclusivas para noticiar tudo que acontece neste universo, principalmente nos canais e portais esportivos. No que se refere aos eSports, a visibilidade também é superlativa.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.