VideoGames atrapalham na produtividade?

Assine nossa newsletter

As pessoas que vivem fora do “mundo dos videogames” tem muitas ressalvas sobre essa forma de entretenimento. Especialmente os pais. Estes últimos temem que suas crianças possam perder o interesse ou a produtividade em tarefas relacionadas aos estudos. Há um pouco de sentido e lógica em pensar dessa maneira, inclusive, há um pouco de verdade. Mas também é verdade que os videogames podem ser bastante benéficos e poucas pessoas sabem disso. 

Neste artigo vamos mostrar como os videogames podem beneficiar grupos de pessoas que estão particularmente preocupadas em manter níveis altos de produtividade. Também vamos falar sobre os videogames como uma carreira e não só como uma forma de entretenimento. Você vai ver que os videogames podem ser tão uteis quanto iniciativas como o https://tcc-pronto.com/.

 Os videogames e os estudantes jovens

 Esse é um assunto delicado. Especialmente quando falamos de estudantes menores de idade, que ainda não são responsáveis por si mesmos. Quando os parentes de uma criança veem seu filho passar horas jogando videogame, eles geralmente não sentem nada, mas apreensão. E há uma motivação plausível para isso. Um videogame pode ser um objeto de distração se não houver o devido controle. Mas a palavra-chave aqui é controle. 

 Quando o uso dos videogames é controlado, ele pode se tornar em uma excelente arma que pode alavancar a produtividade nos estudos, assim como o empenho e o desejo para ter bons resultados nessa área. É tudo sobre uma questão de desafiar os estudantes de forma positiva. Por exemplo, se o seu filho tem notas excelentes, não há motivo para se preocupar com os vídeos games, contanto que as coisas permaneçam assim.

 Você pode fazer acordos. Coisas como: você vai ter o direito a jogar videogame se conseguir um 10 em matemática. Ou algo menos exigente como: Você pode jogar 01 hora de videogame por dia se conseguir ser aprovados em todas as matérias neste semestre/unidade.

 Os videogames e os trabalhadores do dia a dia

Assine nossa newsletter

 Para quem acha que estamos falando apenas de ideias vazias que não funcionam na realidade, temos aqui um estudo feito por uma universidade de renome apontando os benefícios dos videogames. O estudo foi feito pela Brigham Young University e fala sobre os efeitos do videogame em escritórios.  

Basicamente, o que foi encontrado é que com apenas 45 minutos de videogame, grupos de trabalhadores em escritório experimentaram um aumento de até 20% na produtividade. Mas não é só sobre jogar videogame de forma aleatória. O estudo foi feito com trabalhadores de uma equipe jogando videogame juntos. O que é bem diferente de se trancar sozinho em uma sala e jogar videogame entre os horários de trabalho.

Você pode encontrar um link com mais informação sobre o estudo no final deste artigo.

 Uma carreira profissional com videogames

 É incrível como mesmo a esta altura do campeonato há pessoas que acreditam que videogames são uma atividade sem futuro. Houve um tempo em que você podia fazer apostas no fliperama com seus amigos e ganhar algum dinheiro, mas estamos anos luz a frente disso.  

Agora nós temos verdadeiras competições profissionais, equipes onde os jogadores são atletas, centro de treinamentos e patrocínio para os jogadores.  

E não há qualquer motivo para acreditar que as coisas param por aqui. A verdade é que esperamos que os videogames se tornam cada vez mais populares e cada vez mais pessoas tenham a chance de viver como um jogador de videogames profissional.

Considerações finais

 O preconceito com os videogames é ultrapassado. Se você não gosta deles, tudo bem. Mas você não pode negar seus benefícios, não a esta altura.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.