Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

8 curiosidades sobre o Oscar – com mudanças na edição de 2023

Os Oscars são os prêmios mais prestigiados da indústria cinematográfica e a cerimônia é vista por milhões de pessoas em todo o mundo. Desde sua criação em 1929, o Oscar passou por muitas mudanças e se tornou uma das noites mais esperadas do ano para amantes da cultura pop. Para aproveitar a iminente chegada da Cerimônia de Premiação do Oscar de 2023, no dia 12 de março, muitos cinéfilos acompanham infográficos como o da ExpressVPN para assistir aos indicados à tempo, e embarcam em buscas por notícias e curiosidades do evento. Neste artigo, vamos explorar 8 curiosidades interessantes sobre os Oscars que talvez você não conheça.

ASSINE AGORA! Não saia sem garantir 30 dias GRÁTIS
A Bits & Geeks leva até você matérias completas e material exclusivo do mundo da tecnologia.

Close this popup

A cerimônia do Oscar não está longe de completar um século

A primeira cerimônia do Oscar aconteceu em 1929, no Hollywood Roosevelt Hotel, em Los Angeles. A cerimônia foi apresentada por Douglas Fairbanks e contou com a participação de cerca de 270 convidados. O filme mudo “Asas” foi o grande vencedor da noite.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (Academy of Motion Picture Arts and Sciences, em inglês) é a organização responsável pelo evento. Fundada em 1927, a Academia é composta por profissionais da indústria do cinema como diretores, produtores, roteiristas, atores, figurinistas e outros, e foi fundada com o objetivo de promover a visão do cinema como uma arte, além de reconhecer a excelência em filmes lançados nos Estados Unidos – posteriormente, uma categoria para lançamentos “internacionais” passou a ser celebrada dentro da premiação.

O prêmio já foi entregue por telefone

Em 1953, o ator americano Gary Cooper estava em um hotel em Roma quando foi informado que havia vencido o Oscar de Melhor Ator por seu trabalho em “Matar ou Morrer”. Como não podia comparecer à cerimônia, a Academia decidiu entregar o prêmio por telefone. Cooper aceitou o prêmio com gratidão, mas mais tarde revelou sua chateação por não poder estar presente na cerimônia para a recepção da estatueta.

A cerimônia do Oscar já durou meia-hora

Atualmente estamos acostumados com uma cerimônia de premiação duradoura, com diversas entrevistas, segmentos especiais, acompanhamento da chegada de convidados, e muita presença da mídia. Mas curiosamente, a cerimônia do Oscar já chegou a durar menos de uma hora. Em 1959, a cerimônia foi realizada no Pantages Theatre, em Los Angeles, e durou apenas 30 minutos. A Academia reduziu o número de categorias naquele ano, o que ajudou a encurtar a cerimônia.

A estatueta do Oscar tem um nome

A estatueta do Oscar é um ícone da indústria cinematográfica, mas poucas pessoas sabem que ela tem um nome oficial: “Academy Award of Merit”, traduzido como “Prêmio de Mérito da Academia”. A estatueta tem 34 cm de altura e é feita de uma liga metálica denominada “Britannia”, banhada a ouro, custando cerca de quatrocentos dólares para ser fabricada. Apesar do metal valioso, a Academia proíbe que vencedores do prêmio vendam, presenteiem ou compartilhem a estátua com outras pessoas.

Já o apelido “Oscar” possui ao menos três explicações distintas, com a mais frequentemente aceita mencionando a atriz Bette Davis que teria dito que o prêmio, visto de costas, lembrava seu tio Harmon ‘Oscar’ Nelson.

O Oscar já foi roubado

Em 2000, a estatueta do Oscar de Melhor Ator foi roubada do quarto de hotel do vencedor, o ator britânico Sir Laurence Olivier. A estatueta foi recuperada dois anos depois, quando foi encontrada em uma caçamba de lixo em Londres.

O roubo gerou grande rebuliço pois, no mesmo ano, 55 estatuetas foram roubadas antes da cerimônia, exigindo que a R.S Owens, fabricante original, corresse contra o relógio em uma linha de produção aberta 24 horas durante uma semana inteira para refabricar e repor todos os prêmios roubados à tempo da cerimônia – o Oscar ainda é um dos poucos troféus comemorativos com produção majoritariamente manual.

O Oscar já teve um empate

Em 1969, o Oscar de Melhor Atriz foi entregue a duas atrizes: Katharine Hepburn por “O Leão no Inverno” e Barbra Streisand por “Funny Girl”. Foi a primeira vez que um empate ocorreu na história do evento – a premiação é decidida por votação e, atualmente, conta com mais de nove mil pessoas elegendo os indicados, tornando um resultado de empate certamente raro e improvável.

Meryl Streep é a recordista em indicações ao Oscar

            Com vinte e uma indicações totais e três vitórias, a atriz norte-americana Meryl Streep é a recordista em nomeações pela Academia, sendo eleita a melhor atriz de sua geração por parte da mídia especializada. No entanto, até os dias atuais, ninguém foi capaz de quebrar o recorde de Katharine Hepburn pelo maior número de premiações nas categorias de atuação com 4 estatuetas.

Uma equipe de gestão de crises foi criada em 2023

            Durante a celebração da cerimônia de 2022, o apresentador e comediante Chris Rock foi surpreendido com um tapa ao vivo do ator Will Smith, após uma piada com a queda de cabelos de sua mulher. A cerimônia continuou normalmente e Smith chegou a ser premiado durante o evento, gerando uma enorme controvérsia por parte do público.

            Em resposta à agressão e às preocupações do público, a Academia anunciou que em 2023 uma equipe de gestão de crises foi montada para acompanhar o evento e treinada para reagir a toda e qualquer adversidade que poderia ocorrer durante a premiação, desde problemas simples até graves, com a promessa de reagir rapidamente e evitar quaisquer confusões.

            Agora nos resta aguardar até o dia 12 para descobrir o que a cerimônia do Oscar de 2023 promete para a história do cinema.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar