Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

Pânico 6: brutal, visceral a ponto de me mexer da cadeira e abaixar o olho várias vezes.

Assisti em pré-estreia o novo filme da franquia Pânico e antes de dizer o que eu achei eu preciso confessar que sou fã da franquia desde o primeiro, mas fã mesmo, então com ctz minha opinião é baseada a partir daí.

ASSINE AGORA! Não saia sem garantir 30 dias GRÁTIS
A Bits & Geeks leva até você matérias completas e material exclusivo do mundo da tecnologia.

Close this popup

Brutal, visceral a ponto de me mexer da cadeira e abaixar o olho várias vezes. Talvez seja um dos que mais pega pesado nesse sentido e que bom porque funciona bem demais aqui.

Os momentos de metalinguagem são deliciosos de assistir e nos lembram porque o primeiro filme ditou regras no formato slasher que foram seguidas por diversos filmes da mesma linha. O roteiro é super bem pensado e amarradinho, sendo muito fiel ao gênero. Que sacadas!!! Tem umas viagens claro, mas bem, é um slasher certo?

E pouca gente vai te falar sobre isso mas o filme também trata um novo tipo de “assassinato”, o de reputação, trazendo uma importante reflexão sobre o tema.

Eu tava com medo de só ver a Wandinha na Jenna Ortega, mas que nada. Ela aqui mostra a versatilidade de atuar e o tanto que essa jovem tem ainda pra mostrar de talento para Hollywood.

O filme tem uma cena pós-crédito mas não brigue comigo por ter te falado isso.

Tem fanservice, tem o Ghostface sendo o Ghostface e é gore pra caramba. Não diria que pra mim é o melhor (pra mim vai ser sempre o primeiro), mas tá no meu top 3 com certeza!

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar