Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

A era da utilidade quântica também deve ser a era da computação quântica responsável

A introdução de uma nova tecnologia no mundo, que possa fazer coisas além do que podíamos fazer anteriormente, exige ponderação, o dever de pesquisar e desenvolver com responsabilidade. Para esse fim, os especialistas em computação quântica e ética da IBM têm pesquisado as implicações sociais da computação quântica e o seu papel na mitigação de potenciais consequências indesejáveis da tecnologia.

Eles chamam esse esforço de Quantum Responsável.

Anúncios

Na IBM começaram a moldar e colaborar numa série de outras iniciativas importantes no campo da computação quântica responsável. Até fizeram parte da equipe principal que redigiu os Princípios de Governança da Computação Quântica do Fórum Econômico Mundial que têm sido utilizados pelos países para informar de estratégias nacionais e iniciativas como Avaliação Exploratória de Tecnologia Quântica.

O WEF publicou a seguinte parte desse trabalho: The Quantum Economy Blueprint. O relatório analisa e modulariza os elementos centrais das estratégias quânticas regionais e nacionais para capacitar outras, ao mesmo tempo que desenvolve ainda mais os alicerces para estratégias bem-sucedidas de tecnologia quântica e de desenvolvimento de ecossistemas quânticos. O relatório está baseado nos valores chaves dos Princípios de Governança Quântica que incluem a transparência, inclusão, acessibilidade, equidade, não maleficência, responsabilização e bem comum.

Fonte: Divulgação IBM

A equipe de Quantum Responsável na IBM continua esses esforços para desenvolver tecnologia quântica. Eles definiram a Computação Quântica Responsável como a computação quântica que está ciente de seus efeitos. A pesquisa está vinculada a um campo recentemente emergente de pesquisa Quântica Responsável. Seu esforço é focado tanto interna quanto externamente e se baseia nos seus Princípios de Computação Quântica Responsáveis para o desenvolvimento e implementação de tecnologia quântica como: causar um impacto social positivo, explorar casos de uso com previsão, promover produtos com precisão, tomar decisões consistentes com princípios e construir uma comunidade diversa e inclusiva.

Anúncios

Com a ajuda da equipe de Quantum Responsável, a IBM já implementou uma linguagem contratual que proíbe o uso de seus produtos para determinados aplicativos potencialmente prejudiciais. E, no caso de uso irresponsável de quantum, também desenvolveram tecnologias IBM Quantum Safe para proteger as organizações contra maus atores que possam fazer uso indevido de futuros computadores quânticos em grande escala para minar a segurança e a integridade dos dados.

Finalmente, a IBM apoia o Open Quantum Institute, que foi iniciado pelo Geneva Science and Diplomacy Anticipator e é hospedado pelo CERN. A missão do Open Quantum Institute é “liberar de forma inclusiva o poder da computação quântica para que o mundo inteiro contribua e se beneficie dessa computação”.

É a missão da IBM levar a computação quântica útil ao mundo e tornar o mundo quântico seguro. Essa missão requer o desenvolvimento responsável da computação, tanto na IBM como fora dela. E eles estão entusiasmados com que a comunidade quântica e seus parceiros, se juntem na criação deste futuro.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar