BMW Group Brasil prepara ofensiva elétrica e terá cinco modelos alimentados apenas com bateria à venda em 2022

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Sempre na vanguarda da inovação e na liderança pelo futuro da mobilidade sustentável, o BMW Group prepara uma ofensiva elétrica para este ano. Além do aguardado i4 e do iX, que já está em pré-venda na Rede BMW do país, a empresa bávara anuncia em primeira mão a chegada do SAV iX3 no mercado brasileiro, para o primeiro semestre. Ao todo, serão cinco modelos totalmente elétricos à venda no país neste ano (os novos modelos juntam-se ao MINI Cooper S E e ao BMW i3), fazendo com que o BMW Group tenha a maior gama destes veículos entre todas as marcas Premium instaladas no Brasil.


O BMW iX3, combina a consagrada plataforma SAV do BMW X3 a quinta geração da tecnologia eDrive, inovação que permite eletrificar o modelo e trazer eficiência, oferecendo autonomia máxima de até 460 km (ciclo WLTP). A potência é de 286 cv (210 kW) e o torque máximo chega a 400 Nm, entregues através da tração traseira típica da BMW, suficientes para acelerar de zero a 100 km/h em apenas 6,8 segundos. O modelo teve 37.939 unidades vendidas globalmente no ano passado, sendo um sucesso comercial logo em seu ano de estreia.

“O mercado de veículos Premium brasileiro será ao menos 50% elétrico no fim dessa década e seguiremos liderando a transformação da mobilidade no país, com a introdução de modelos alimentados exclusivamente por baterias. Continuaremos nossa estratégia de foco no cliente, sempre nos reinventando e surpreendendo nossos consumidores”, afirma Aksel Krieger, CEO e Presidente do BMW Group Brasil. “Temos o compromisso de sempre trazer as tecnologias globais atuais pro cliente brasileiro e seguiremos a buscar novidades para todas as marcas no BMW Group Brasil dentre os 30 lançamentos confirmados para o país em 2022”, reforça o executivo.

Balanço de 2021 e visão de 2022

O BMW Group Brasil, que reúne as marcas BMW, MINI e BMW Motorrad, encerrou 2021 na liderança absoluta do mercado Premium brasileiro, com crescimento de 15,1% em suas vendas de 2021, em comparação com 2020. Em 2021, foram emplacadas 27.844 unidades de automóveis e motocicletas das marcas do BMW Group, ante 24.177 unidades registradas no ano imediatamente anterior, de acordo com dados do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

A marca BMW registrou vendas de 14.552 unidades em 2021, o que representa um crescimento de 16,8% em comparação com as 12.429 unidades comercializadas em 2020. Hoje, um em cada três veículos Premium vendido no Brasil é um BMW. No ano passado, a marca vendeu mais que todos os seus principais concorrentes alemães somados.

Com 1.418 unidades vendidas em 2021, a MINI também obteve resultados importantes, crescendo 9% em comparação com o ano anterior (1.301 unidades). A marca fechou o ano passado com 4,2% de participação de mercado no segmento Premium, o que representou um avanço de 0,4 pontos percentuais em comparação com 2020.

Ambas as marcas conquistaram expressivo crescimento de veículos eletrificados. A BMW vendeu 2.661 unidades de elétricos e híbridos plug-in no ano passado, ou seja, 162% mais do que em 2020. Hoje, cerca de 20% das vendas da BMW são compostas por veículos eletrificados.

Já para a MINI, esse percentual é ainda mais relevante. Os eletrificados correspondem atualmente a 40% das vendas da marca no Brasil, um dos maiores percentuais globais. Parte desse resultado teve como base o MINI Cooper S E, que chegou ao mercado no ano passado e já é um sucesso.

Para 2022, o BMW Group projeta manutenção nos seus níveis de produção e crescimento de dois dígitos em vendas, acima do mercado geral.

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência AceitarLeia mais