Cross-play entre consoles e PCs tende a aumentar com nova geração de videogames

Assine nossa newsletter

O cross-play não é uma novidade para os gamers. Jogos como Fortnite e Call Of Duty, por exemplo, já permitem a interação entre jogadores de PC e consoles, e com a chegada dos novos videogames PlayStation 5 e Xbox Series X/S o jogo cruzado deve ganhar ainda mais força, principalmente com o lançamento de novos títulos que possam ser disputados entre jogadores de diferentes plataformas. “Momentaneamente os novos consoles podem dar uma segurada no cross-play, mas futuramente irão impulsionar até mais do que a geração passada“, acredita o gerente de produtos da 2 A.M., Felipe Oliveira.

Assine nossa newsletter

Para isso, no entanto, Felipe lembra que “é necessário encontrar um balanço saudável entre os consoles e o PC. O jogo deve ser otimizado para todas as plataformas, levando em consideração a diferença de hardware, componentes e de jogabilidade. Também existe a situação de conexão e troca de dados entre todos esses aparelhos e servidores diferentes“, explica.

No caso de jogo cruzado com PC, também é recomendado que a máquina seja de alto desempenho. Para os jogadores de plataformas diferentes terem uma boa experiência, um desktop ou notebook com uma configuração avançada faz diferença.

Fiel ao PC gamer, o gerente da 2 A.M. acredita que, como ele, os apaixonados pelo computador, em especial pela mobilidade proporcionada pelo notebook gamer, não trocarão de plataforma mesmo que tenham a possibilidade de ter um PlayStation 5 ou Xbox Series X/S. “Mas, sem dúvida, poder jogar contra jogadores de todas as plataformas é uma tendência que tem tudo a ver com o conceito de socialização dos games, e o cross-play só precisa de mais jogos com essa possibilidade para entrar de vez na nossa rotina de gamer”, termina Felipe.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.