Dolittle com Downey Junior é filme indicado para os pequenos: os adultos não vão gostar.

Assine nossa newsletter

Na nossa sala Geek TCL eu assisti a nova versão de Dolittle, dessa vez com o Robert Downey Jr, e confesso que é um filme que deve funcionar muito bem para os pequenos, mas os adultos vão se decepcionar.

Isso porque os mais velhos com certeza estão acostumados com as primeiras versões e que não tem nada a ver com essa aqui, a não ser o fato de serem personagens com falam com os animais. Nessa versão Dolittle está recluso num paraíso com animais criado por ele e tentando ao máximo se afastar dos seres humanos. Porém a rainha o convoca para entender porque ela está morrendo e só uma determinada planta pode salvá-la e então ele, os animais e as crianças partem numa missão para tentar conseguir essa planta e salvar a jovem rainha. Porém eles enfrentarão uma conspiração que fará de tudo para detê-los.

Eu queria muito ver o filme para acompanhar o Downey Jr – ator quer eu admiro demais – num papel que não fosse o Homem de Ferro e de fato ele é o ponto alto da obra que tem problemas em quase tudo: figurino, efeitos especiais e principalmente roteiro. Tem um momento da narrativa que eu tive a impressão quer alguém cortou um tanto num trecho escolhido com o dedo e olhos vendados. Sem contar os inúmeros furos de momentos que começam num lugar nada a ver e terminam em lugar nenhum.

Assine nossa newsletter

Porém o filme é cheio de bichinhos bonitinhos falantes, tem uma aventura bobinha e divertida que em alguns momentos lembra esses teatros infantis de final de semana.

Existem sim filmes que agradam crianças e adultos, a maioria da Pixar, por exemplo, mas esse não é o caso do novo Dolittle.

Prepare um balde generoso com suco para a criançada da casa, algumas guloseimas e deixe-os descobrir um novo Dolittle. E deixe a versão antiga guarda no seu coração!

O filme está disponível no aplicativo do Telecine.

As sala Geek tem o patrocínio da TCL e nós usamos a banda larga de ultravelocidade da Claro.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.