Fecap aposta na formação da mão-de-obra técnica para games.

Atenta ao mercado de jogos eletrônicos, que cresce cada vez mais no país, a FECAP – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado esteve presente na BGS e claro que o Blog do Armindo foi conferir a única instituição de ensino do país presente na feira. Além de jogar dois games criados pelos alunos eu pude conversar com a professora Evelyn Cid.
Para começar a nossa conversa eu quis saber um pouco de como o mercado anda e as possibilidades que um aluno teria ao fazer um curso de games. De acordo com ela é um mercado em crescimento e uma boa aposta de carreira. “Quando um jovem procura um curso técnico de games ele procura entender o desenvolvimento dos jogos,  desde a criação do roteiro, passando pela modelagem e o game engine. Assim ele tem uma perspectiva muito boa quando termina o ensino técnico já entendendo o que é a criação de um jogo e isso dá um diferencial para  quando ele segue a área pra fazer uma faculdade na área de games”, definiu Evelyn. E um dos grandes diferenciais do curso é que todos os alunos saem formados e com um game desenvolvido no decorrer das disciplinas. 

Não é muito distante do jovem

Durante a BGS vários jovens tiveram contatos aos maiores lançamentos de games mundiais. Será que para eles é tangível imaginar que podem desenvolver um game como aqueles? “Quando o jovem visualiza um game novo ele acha que é algo muito distante da realidade dele, mas a ideia do nosso colégio é proporcionar um técnico em jogos que entenda desde a história do nascimento daquele jogo até a produção final, o design, a arte, a programação que está por trás daquele jogo. Então as nossas demos proporcionam para o aluno um sonho virando realidade e para que ele possa dizer: eu pensei no jogo, pensei na história, montei uma equipe e desenvolvi meu primeiro jogo”, me explicou a professora Evelyn Cid.
Eu perguntei para ela também sobre a procura. “Hoje é um dos nossos cursos técnicos mais procurados e é o curso que tem o maior número de alunos: o mercado está muito maduro para a área de games, então isso proporciona para o aluno uma visualização de futuro né? Ele está estudando uma coisa que gosta de vivenciar que é o mundo de games e que isso vai me proporcionar uma possibilidade no mercado de trabalho”, finalizou a professora.
Pelo visto os pais que dizem que videogame não dá futuro, pelo menos nesse caso, vão ter que rever seus conceitos.
Sobre a FECAP:
A Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP) é reconhecida pela tradição na formação educacional e no ensino na área de negócios. Atualmente, dispõe de ensino médio (tradicional, técnico e bilíngue), graduação, pós-graduação, MBA, mestrado, extensão e cursos corporativos, distribuídos nos campi de Pinheiros, Largo São Francisco e Liberdade. Em 2017, ano em que completa 115 anos, com o resultado do ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), conquistou o primeiro lugar entre os Centros Universitários do Estado de São Paulo e, âmbito nacional, considerando todos os tipos de instituição de ensino superior de todo o País, ficou entre as 5,5% instituições privadas mais bem classificadas.
Blog do Armindo fez a cobertura da BGS 2017 com recursos próprios.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.