Influenciadores ganham dinheiro para falar bem de um partido

Assine nossa newsletter

Explodiu esse final de semana uma notícia de que um partido estaria distribuindo dinheiro para que influenciadores digitais no Twitter fizessem postagens para reforçar uma determinada ideologia política. E aí claro, como nesses momentos, virou a maior polêmica nas redes sociais.

Ao que tudo indica, e a não ser que um advogado desses muito bons consiga achar um ponto obscuro na lei (o que é provável que aconteça),  esse tipo de ação de marketing eleitoral é proibido pela legislação.
Mas não é só isso, deve existir algum prejuízo de imagem para quem entrou nessa.
Isso sempre existiu.
Mas é bom que se diga isso existe desde sempre. Não é difícil imaginar como em vários lugares dessa Brasilzão tenha jornais, TVs e rádios comprados por políticos.
A grande mídia tenta vai tentar mostrar que é um problema da internet. Mas na verdade é um problema da política brasileira. Como quase tudo.
E os influenciadores
Tem influenciador que acredita que vai ganhar roupa de graça da Adidas, vocês acham que com dinheiro seria diferente?
Mas é bom que se diga que assim como todas as profissões e atividades do mundo há influenciadores e influenciadores. Enquanto alguns vira e mexe estão com essas problemas outros ficam totalmente blindados, faturando alto e se relacionando com as marcas passando ilesos dessa discussão. É o mar azul dos influenciadores digitais.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.