Restaurantes geek e a gastronomia em Orlando – O Geek em Orlando

Assine nossa newsletter

Comer bem em Orlando é possível sim. E aí tem de tudo para todos os bolsos e necessidades. Tem fast foods muito baratos e com porções generosas que podem ser divididos.

A gastronomia da Flórida é bem rica e peculiar e claro por ser um ponto turístico multicultural conta com influência de vários países, tais como México (claro) e até Cuba. Mas há muita coisa com milho (um milho mais doce que o nosso), biscuit (um paozinho amanteigado delicioso), pãozinho de milho e claro a tradicional Key Lime Pie – uma tortinha de limão tradicional. E lagostas com preços bem acessíveis.

Cheesecake.

Nessa linha não tão nerd nós fomos no Popeys (eles já chegaram ao Brasil) uma casa especializada em frango frito. Porções ultra generosas e precinhos muito camaradas.

Outra marca que já tem no Brasil, mas lá você vai aproveitar de um jeito melhor, é o Red Lobster: lagostas super frescas e baratas num restaurante com uma pegada bem tradicional. Escolhemos um prato surf and turf com lagosta, camarão e linguiça defumada, e claro, milho.

Vale também a visita a um McDonalds enorme da International Drive, eles dizem ser o maior do país e tem um cardápio bem inusitado lá – tem até macarrão – e uma máquina de refrigerante que gera quase uma centena de opções. Sim mais de 100 tipos de refrigerantes.

A ideia do roteiro abaixo não era comer barato, mas comer com experiências, então são pratos um pouco mais caros com contas que podem variar de US$ 30 a US$ 60 por pessoa. Lembre que nos locais em que você tem serviço de mesa você deve deixar uma gorjeta de 18% a 20% e que os preços nos cardápios e letreiros são sem impostos. Estes são cobrados a parte no fechamento da conta. Então se você viu algo que custa US$ 30, ele pode chegar a custar uns US$ 38. Há restaurantes que você pode pedir dois pratos e dividir um prato principal. Peça sem vergonha. Em todos os lugares que decidimos fazer isso funcionou bem e sem nenhum tipo de constrangimento.

Dito isso vamos agora sim ao nosso roteiro gastronômico com uma pegada geek.

Restaurantes com pegada geek em Orlando.

Hoop-Dee-Doo Musical Revue.

Não sei bem se é muito geek, mas sem dúvida alguma o Hoop-Dee-Doo Musical Revue vai te colocar dentro de um musical da Disney. As reservas são concorridas e eu mesmo dei muita sorte de conseguir um último lugar (bem ruim mas era o que tinha e valeu a pena). Trata-se de um show musical (claro) com uma comida muito mas muito caseira e muito mas muito generosa servida em baldes com refil que pode ser trocado enquanto o show acontece. A ideia da Disney é servir um jantar caseiro para as famílias que visitam o parque. Para entender mesmo o show é preciso falar/entender bem o inglês.

Café da manhã no resort e cupcakes.

Se você for ficar num dos resorts da Disney como eu fiquei as opções de café da manhã são incríveis e podem conter ovo, bacon, linguiça e uma batata cozida (sim é batata no café da manhã), tem também opções com omelete e panqueca.

Cupcake é um assunto levado a sério nos EUA e aqui na Disney eles são lindos e deliciosos. Dá até uma dó de comer.

Gastronomia Internacional em Epcot.

Se você é um amante de gastronomia Epcot é para você. Ao redor do lago há pequenas barraquinhas com comidinhas deliciosas (e que até onde eu entendi podem mudar no decorrer do ano). É comida fresca e boa dentro dos parques. A gente comeu, por exemplo, uma cauda de lagosta fresca, suculenta e deliciosa.

Na hora do almoço fomos na região da China e foi uma grande surpresa encontrar pratos com uma pegada de alta gastronomia, num serviço clássico padrão dentro de um parque. Eu não vou saber reproduzir o nome do prato, mas é essa beleza aí das fotos.

Por favor vá no Restaurante Sci-Fi em Hollywood Studios.

Não tem nada mais geek nos complexos da Disney que fazer uma refeição no restaurante Sci-fi. Ele imita um daqueles Drive-ins americanos que você estacionava o carro pra ver um filme de cinema (não tivemos isso no Brasil, mas provavelmente você já viu isso em algum filme.

Na tela fica passando filmes sci-fi trash da década de 60 e não tem como não se encantar com toda essa ambientação. O cardápio surpreende e vai desde lanche até comida mesmo. Eu pedi um que tinha um pouco de cada carne e feijão assado. Não esqueça de pedir sua coca-cola com o copo que vem brilhando (e piscando) no escuro. É um jeito bem barato de conseguir um souvenir dessa experiência geek/retrô.

Assine nossa newsletter

Be Our Guest em Magic Kingdom.

Se você leu todos os meus textos sobre Orlando sabe que eu disse que o Magic Kingdom é o menos geek de todos, mas você pode ter a experiência de ter uma refeição no salão do castelo da Fera. O Be Our Guest é super concorrido e eu recomendo que você faça reserva antes de ir.

A comida não é lá essas coisas, tem quiches e Croque-monsieur (um tipo de misto-quente). Vale mais pela experiência do salão. Por uns dólares extras você consegue um copo da Bela e Fera de souvenir.

Cante comigo Be our guest, Be our guest, Be our guest…

T-Rex em Disney Springs.

Eu fiquei tão maravilhado na ambientação interna desse restaurante que eu quase não prestei atenção na comida em si. Claro que eu pedi um bronto burguer que veio delicioso. Como estávamos com um amigo lá de Orlando pedimos também entradinhas variadas para compartilhar. E tomei um drink colorido, refrescante e delicioso. É um lugar que vale a pena você ir.

Comendo de um jeito Geek na Universal.

Os parques da Universal tem várias coisas legais, mas dentro dos parques não espere nenhuma gastronomia uau. Tem o Bar do Moe que você pode comer frango frito em tirinhas e um restaurante na área de Jurassic Park com uma decoração com uma pegada de rainforest e que tem arroz e feijão preto (mas não espere que seja o mesmo arroz e feijão do Brasil).

O destaque mesmo são as refeições dentro do espaço de Harry Potter com a tradicional cerveja amanteigada (não tem gosto nem de cerveja e nem de manteiga – diria que é uma bebida de caramelo).

Aproveite a City Walk.

A City Walk é a área da entrada dos parques da Universal e a noite fica linda com todos aqueles neons, letreiros luminosos e telas de LCD gigantescas da NBC Sports Grill & Brew. E é nesse lugar que você irá encontrar as melhores experiências gastronômicas da Universal. Eu escolhi duas: a Bubba Gump Shrimp Co e a icônica loja de donuts Voodoo Doughnut.

Voodoo Doughnut

Kenneth “Cat Daddy” Pogson e Tres Shannon criaram a Voodoo Doughnut em Portland, Oregon, em 2003. A dupla curtiu fazer experimentos com sabores únicos para criar massas excêntricas e transformou sua paixão no fenônemo que é a Voodoo Doughnut.

Amada por suas delícias pecaminosas, uma lista encantadoramente estranha de criações fritas, a Voodoo Doughnut terá os originais que são marca registrada da loja e gostosas exclusividades como Dirt Doughnut, Bacon Maple Bar, Grape Ape e, claro, donuts Voodoo Doll.

Os preços são incrivelmente acessíveis (alguns custam US$ 3,00) e a visita na loja – que tem uma decoração e arquitetura totalmente peculiar – já justificam a sua visita obrigatória lá. Eu comprei um voodoo que dá o nome a casa… Super Doce (até demais), mas valeu pela experiência.

Bubba Gump Shrimp Co.

A foto não engana: estamos no restaurante que aparece no filme Forrest Gump. E eu conferi com o garçom e o restaurante foi criado por causa do filme e claro que a especialidade da casa são os camarões.

Concorrido é capaz de você pegar uma lista de espera enquanto vê uma pessoa vestida de camarão divulgando o lugar. Lá dentro tem vários lugares para tirar foto.

Run Forest Run…

Fotos: Armindo Ferreira e Juliana Cruz

Sua marca pode aparecer na nossa próxima viagem, fale com a gente.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.