Taubaté: empregados da Volkswagen do Brasil realizam doação de R$ 106 mil

Assine nossa newsletter

Os empregados da fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté realizaram a entrega de um cheque no valor de R$ 106.172,47 ao Projeto Esperança São Pedro Apóstolo, de Taubaté, referente a doações arrecadadas em 2016 por meio do programa “Uma Hora para o Futuro”. Criado pelo Comitê Mundial dos Trabalhadores da Volkswagen, o programa envolve trabalhadores da Volkswagen no mundo inteiro e recebe o apoio da empresa. A ação social incentiva os empregados a doarem o valor equivalente a uma hora de seu trabalho por ano em prol de causas sociais desenvolvidas em suas comunidades.
O evento de entrega do cheque simbólico contou com a presença do supervisor de Recursos Humanos da fábrica de Taubaté, José Wilton Fernandes Duarte, do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté, Hernani Lobato, do coordenador da Representação Interna dos Empregados, Lizalvaro  de Almeida, e da presidente do Projeto Esperança, Maria da Graça Mota, além de colaboradores da Volkswagen, representantes do Sindicato, voluntários e famílias atendidas pela organização social.
“A Volkswagen compartilha do desejo de sempre construir uma sociedade melhor e ter colaboradores tão engajados e comprometidos com a formação de jovens é uma satisfação muito grande. Apoiamos essa iniciativa voluntária dos empregados há mais de uma década e observamos o quanto esse gesto solidário do ‘Uma Hora para o Futuro’ têm significado no desenvolvimento da organização e da comunidade”, destaca José Wilton.
Para a presidente do Projeto Esperança Maria da Graça Mota, a iniciativa dos empregados da fábrica da Volkswagen têm sido fundamental para o desenvolvimento da instituição nos últimos 12 anos. A organização social atende cerca de 600 pessoas da região do bairro Jardim Sônia Maria, em Taubaté, por meio de atividades culturais, esportivas, aulas de idiomas, informática, oficinas profissionalizantes e atendimentos sociais, além de biblioteca e brinquedoteca.
foto: vista área da planta de Taubaté / Divulgação

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.