Três sinais de que você precisa de um novo roteador

Assine nossa newsletter

Como saber quando é preciso trocar o roteador? Rodrigo Paiva, gerente de Produtos da D-Link, cita abaixo três sintomas que podem indicar que está na hora de aposentar o seu dispositivo.
Filmes no Netflix demoram a carregar
Você que assiste constantemente a filmes e séries e sofre com problemas de “buffering” (processo de carregamento do vídeo), uma das explicações para tal ocorrência pode estar na incapacidade de processamento de seu roteador. Por melhor e mais rápido que o seu link de Internet possa ser, em muitos casos a conexão entre o roteador e a smart TV não oferece qualidade suficiente para que possa usufruir deste serviço de streaming.
Dicas:

  1. Tente mudar a posição física do roteador para tentar melhorar o sinal Wi-Fi com a smart TV
  2. Observe se não há outros usuários utilizando a rede no momento em que está assistindo ao filme/série – eles estão dividindo a banda de Internet com você. A solução aqui é configurar o roteador para priorizar os pacotes para atender ao dispositivo de sua preferência
  3. Verifique se o roteador é daqueles que possuem antenas internas ou apenas uma antena externa. Normalmente estes requerem substituição por utilizarem tecnologias que podem não se adequar à sua necessidade
Assine nossa newsletter

Quedas de conexão Wi-Fi
O seu roteador pode apresentar problemas de conectividade Wi-Fi quando a rede está muito utilizada (transmissão simultânea, download, transferência de arquivos grandes, jogos on-line, etc.), o que pode fazer com que os roteadores falhem temporariamente. Ou seja: o equipamento funciona bem, mas não é a combinação certa para as necessidades de rede. Se seu roteador não dá conta, não limite o uso de Internet – escolha um que possa acomodar todos os seus dispositivos e as demandas do networking.
O que fazer:

  1. Observe se este problema ocorre com todos os computadores em sua rede ou apenas com um dispositivo (um notebook, por exemplo). Caso seja um fato isolado, convém analisar possíveis atualizações de drivers da placa de rede ou mesmo adquirir adaptadores mais rápidos para que a conexão melhore
  2. Abra a tela de configuração on-line do roteador e verifique a versão de software (firmware) do produto. Uma atualização com suporte do fabricante pode ser útil – da mesma forma que você atualiza seu sistema operacional, muitas vezes o roteador também precisa ter seu software atualizado
  3. Tente conectar o roteador em outra tomada, pois falhas na alimentação elétrica podem ocasionar oscilações. Caso isso seja possível, experimente posicionar o roteador fisicamente em um móvel mais alto com o objetivo de diminuir barreiras e obstáculos no ambiente

Jogos Online apresentam LAG
A maioria dos problemas de LAG (latência durante jogos online) ocorre por problemas de instabilidade na conexão entre o computador (ou videogame) e o servidor de jogos. No caminho da conexão entre estas duas pontas está o roteador, além do link de Internet contratado pelo usuário.
Normalmente os usuários colocam a responsabilidade do LAG no link de Internet, e acabam contratando velocidades maiores com o provedor na esperança de que o problema seja resolvido. O porém é que acabam se esquecendo do principal causador dos problemas de atrasos na rede e o roteador não é substituído.
Evidente que há também os jogadores que entendem mais sobre o tema e preferem utilizar uma conexão totalmente cabeada, muitas vezes sem utilizar um roteador Wireless. Estes deixam de usufruir um dos grandes benefícios tecnológicos apenas para poderem jogar sem LAGs. O ponto aqui é que provavelmente seus roteadores utilizam tecnologias antigas que não atendem às necessidades de performance em sua rede.
Qual a solução?
Neste caso, a recomendação fundamental é a substituição do roteador atual por roteadores wireless que oferecem a última geração da tecnologia 11AC com performance ideal para que possam usufruir da melhor tecnologia de conexão Wi-Fi disponível no mercado.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.