WhatsApp começa a fazer chamadas de voz e vídeo em aplicativo para computadores Windows e Mac.

Assine nossa newsletter

Após o início das medidas de distanciamento social no ano passado, o WhatsApp observou um aumento significativo no número de chamadas no aplicativo, frequentemente para ligações de longa duração. No Réveillon de 2021, alcançamos o recorde de 1,4 bilhão de chamadas de voz e de vídeo feitas em um só dia.

Assine nossa newsletter



Para que as conversas no WhatsApp sejam cada vez mais similares às conversas que temos pessoalmente, independentemente de onde as pessoas estão ou do aparelho que usam, esse novo recurso vem para facilitar as conversas com colegas de trabalho e permitir que os usuários vejam suas famílias e entes queridos com mais clareza em uma janela maior.

Para possibilitar mais praticidade, a janela das chamadas de vídeo funciona nos modos paisagem e retrato, pode ser redimensionada de acordo com sua preferência e está configurada para ficar sempre em primeiro plano em relação às outras janelas na tela do seu computador, de modo que os usuários não percam nenhuma ligação.

As ligações de voz e de vídeo no WhatsApp são protegidas com a criptografia de ponta a ponta, o que significa que o WhatsApp não pode ouvir nem ler as chamadas feitas no seu celular ou no seu computador. No momento, esse recurso está disponível apenas para conversas individuais no aplicativo para computador (Windows e Mac) para garantir uma experiência confiável e de alta qualidade. Futuramente, o serviço será estendido também para conversas em grupo.

Para baixar o aplicativo do WhatsApp para Windows e Mac, acesse a página de download.

É importante lembrar que o WhatsApp anunciou recentemente um a atualização que traz uma camada extra de segurança para vincular sua conta do aplicativo no celular ao seu computador, seja no WhatsApp Web ou no aplicativo para Windows ou Mac. Para isso, foi inserida uma etapa de desbloqueio biométrico (com reconhecimento facial ou impressão digital, caso estejam disponíveis e habilitados no celular), antes da leitura do código QR para vincular seu aparelho.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.