Acer aposta em desktops gamers e foca na diversidade de portfólio

Assine nossa newsletter

Antigamente seria um item da lista de desejos de uma família a compra de um computador de mesa. Ele ficava ali num canto estratégico da casa com uma capinha de plástico e tudo, os leitores mais novos nem devem imaginar do que eu estou falando.
Mas o tempo passou e as pessoas começaram a usar a internet pelo celular e a necessidade de ter um computador de mesa também caiu. De certa forma até os notebooks sofreram esse impacto.
Isso acabou afetando várias empresas de hardware, mas parece que a Acer soube bem lidar com essas mudanças do mercado. Dava pra ver isso em cada detalhe de um dos mais belos e movimentados stands da BGS – Brasil Game Show, um dos mais importantes eventos desse segmento na América Latina.
E tinha muita novidade. entre elas o poderosíssimo Predator 21X, as supernovidades Predator Triton 700 e Predator Helios 300 e os já renomados Predator 17X e o Acer Aspire VX, lançado em 2017 com exclusividade para o público brasileiro.
Sonho de consumo dos jogadores, o monitor curvo gamer ultra-wide Predator X34, proporciona um gameplay de cinema com a proporção de tela 21:9. Além dele, o Predator Z271UV é o monitor 27″ Curvo com tecnologia Eye Tracking, que permite comandar o jogo somente com o olhar. Além de acessórios disputados tais como fones de ouvido e mouses Acer.

Foco na diversidade do portfólio

E pra entender um pouco mais desses movimentos da marca e como a Acer está se tornando referência no mundos dos games e eSports eu falei com o Anderson Kanno que é o diretor de Marketing da Acer no Brasil.
Minha pergunta claro foi um contraponto entre o cenário da indústria de hardware dos últimos anos e os movimentos da Acer. “Essa mudança econômica e tecnológica que o segmento de computadores experimentou nos últimos dois anos exigiu que as empresas trouxessem uma diversidade maior de portfólio pra poder complementar o faturamento que estava ou estagnado ou em decadência devido a esses fatores econômicos que o pais passou. E a linha gamer é um desses segmentos possíveis de conhecer e trazer novidades pra um mercado que estava em queda. Olhando especificamente para o mercado gamer esse sim apresentou um crescimento que ajudou recuperar parte do que o mercado como um todo tinha perdido.”, explicou Kanno.

A Acer tem aprendido com os gamers?

Assine nossa newsletter

O segmento de games é bem peculiar. Quando falamos de jogadores profissionais – os chamados pro-players – ter uma máquina de alto desempenho e que não deixe o gamer na mão naquele momento crucial da partida é essencial. Será que a Acer teve que mudar para acompanhar esse segmento tão exigente? Mais uma vez o Kanno nos explica. “A Acer começou esse processo de aprendizagem há mais de dois anos iniciando um processo de conversa com esse público. Aqui no Brasil nós temos uma flexibilidade muito grande de entender as características especificas do gamer brasileiro e também ajuda muito a estratégia global da empresa de estar perto do gamer. Mundialmente a empresa patrocina eventos do setor e lançou uma marca para esse esse segmento a Predator.”

Nós tivemos uma sinergia muito boa do foco global da empresa no segmento gamer e da flexibilidade local de fazer ações específicas. Isso porque esse público exige uma atenção muito especial.

Anderson Kanno – diretor de Marketing da Acer no Brasil

O que podemos esperar da Acer em 2018

E aproveitando o final do ano eu quis entender um pouco da visão da marca para 2018. “O publico pode esperar da Acer novos lançamentos e uma ampliação da nossa atuação. A gente tá vendo um pouco disso aqui na feira, além de notebooks que a empresa já é reconhecida, você pode ver uma série de monitores gamers, projetores, além de acessórios como fones de ouvido e mouses. E temos também o lançamento de uma linha de desktop gamer que terá fabricação local. Essa ampliação da linha de produtos deve continuar em 2018. A gente tá fazendo esse investimento justamente para impulsionar com mais energia o desempenho que a gente já tem obtido no mercado brasileiro”, finalizou Kanno.
A Acer mostra ter se adaptado rapidamente a um mercado bem dinâmico e parece estar pronta para garantir mais levels up num setor altamente competitivo.
Blog do Armindo fez a cobertura da BGS 2017 com recursos próprios.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.