DIA INTERNACIONAL CONTRA AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS: NATIONAL GEOGRAPHIC CONVIDA O PÚBLICO A TOMAR AÇÕES CONCRETAS PELO PLANETA COM A CAMPANHA “O QUE VOCÊ FAZ IMPORTA”

Para marcar o Dia Internacional contra as Mudanças Climáticas, comemorado no dia 24 de outubro, o National Geographic convida o público a participar de sua campanha O Que Você Faz Importa, que busca inspirar todas as pessoas da América Latina a tomar ações concretas em prol do meio ambiente.

O Que Você Faz Importa procura maximizar todos esses esforços para uma mudança positiva de hábitos na sociedade, por meio da divulgação de diversos conteúdos em diferentes plataformas. A intenção é que o público, de qualquer idade, tome consciência de que o aquecimento global é uma realidade que afeta a todos e que está nas mãos de cada um o poder de reverter isso.

Desconectar aparelhos eletrônicos que não estão sendo utilizados, ter uma dieta rica em verduras e frutas, comprar de produtores locais, evitar plásticos de uso único ou simplesmente compartilhar informações sobre os riscos das mudanças climáticas são ações que ajudam o planeta e que qualquer pessoa pode realizar.

Criação de roupas sustentáveis

A National Geographic convidou os estilistas Dayana Molina e Sioduhi, do Coletivo Indígenas Moda BR, para produzir uma coleção conceitual através das suas marcas NALIMO e SIODUHI STUDIO. Juntos, os estilistas convidados expressaram suas manifestações para retratar as mudanças climáticas na Amazônia e alertar sobre a situação de desmatamento através da Coleção Weá Terra Fértil, composta por peças slow Fashion, 100% produzidas por profissionais indígenas e com materiais sustentáveis, ressaltando a importância do consumo consciente para o nosso planeta. Como parte dessa conscientização, as peças não estarão à venda. A Coleção Weá Terra Fértil é apresentada no Youtube oficial da National Geographic Brasil.

Inspiradas no mapa de calor criado pela NASA – que mostra como o planeta passou de azul em 1894 para laranja avermelhado em 2020 -, as roupas estilo “batik” são feitas com materiais 100% reciclados pelas Bad Sisters, referências chilenas de slow fashion. Para sua produção, mais de 3.500 garrafas plásticas foram recicladas. Mais de 50 influenciadores e celebridades da América Latina receberão as peças, compartilhando suas visões sobre o aquecimento global nas redes sociais e, assim, inspirando diferentes públicos a adotar hábitos sustentáveis.

Programação especial no canal linear National Geographic e no Disney+

Ao longo do mês de outubro, por meio do canal linear National Geographic e do serviço de streaming Disney+, o público pode acessar uma coleção especial de conteúdos sobre o impacto das mudanças climáticas e o cuidado com a natureza. No canal linear do National Geographic, haverá um especial para o Dia Mundial contra as Mudanças Climáticas no domingo, 24 de outubro, com o documentário Expedição ao Ártico: Um Ano no Gelo. Além disso, todos os sábados do mês, o canal irá exibir diversos conteúdos relacionados às questões ambientais, como Defensores do Planeta Terra e Mares Intocados. Da mesma forma, o Disney+ apresentará conteúdos como Meu Nome é Greta, Greta Thunberg: O Futuro é Hoje, Os EUA e as Mudanças Climáticas do Planeta, Jane: A Mãe dos Chimpanzés, Elefantes: Em Nome da Liberdade e Derramamento de Óleo do Século.

Podcast “O Que Você Faz Importa”

Nesta terça-feira, dia 19 de outubro, estreou mais um episódio do podcast “O Que Você Faz Importa”, produzido pelo National Geographic em parceria com a Rádio Disney. Trata-se de uma série de seis episódios que passa a integrar o catálogo de podcasts da Rádio Disney que conta com olaboradores da National Geographic, especialistas e grandes nomes da música engajados em questões ambientais sobre os problemas mais urgentes do meio ambiente e oferecem ferramentas para fazer parte do cuidado do planeta. O podcast é conduzido pela locutora da Rádio Disney Priscila Santos, produzido pelo National Geographic, e está disponível desde 12 de outubro no site da Radio Disney, no Spotify e em diferentes plataformas de áudio.

Experiência interativa-audiovisual distópica

A experiência interativa “Amazônia em chamas”, orientada por inteligência artificial e via chat, busca conscientizar jovens de todo o mundo sobre a crise climática e ecológica, e assim revolucionar a comunicação ambiental. “Amazônia em chamas” vem de um projeto do roteirista e explorador da National Geographic Nicolás Ferrario, que, com o apoio da National Geographic Society, tinha o objetivo de desenvolver métodos alternativos de comunicação climática que consigam alcançar os jovens ao redor do mundo. A experiência pode ser feita via WhatsApp, Messenger ou Telegram, pois ao entrar na plataforma e enviar uma primeira mensagem, começa-se a conversar com Jazmin Mendes, uma jovem brasileira que, junto de Gabriel Pardo (da Colômbia) e Mariana Morales (da Peru), vivem no ano de 2030 e são refugiados climáticos.

Mais informações podem ser encontradas no site do National Geographic Brasil.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.