Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

Estudo da IBM revela que IA generativa potencializa ecossistema de parceiros

Um estudo do IBM Institute for Business Value e da Oxford Economics, intitulado “The CEO’s Guide to Generative AI: Open innovation & ecosystems”, aponta que IA generativa é capaz de desbloquear todo o potencial do ecossistema de parceiros das empresas, aproveitando de forma rápida a capacidade intelectual coletiva de diversas organizações. De acordo com o estudo, a grande maioria dos executivos diz que a IA generativa melhorará muito a descoberta (82%), a ideação (80%) e a colaboração com parceiros para inovação (77%).

ASSINE AGORA! Não saia sem garantir 30 dias GRÁTIS
A Bits & Geeks leva até você matérias completas e material exclusivo do mundo da tecnologia.

Close this popup

Segundo o levantamento do IBV, ao vivenciar essa experiência compartilhada com a IA, as empresas fortalecem possíveis soluções para grandes problemas, preveem quais produtos serão mais bem-sucedidos e otimizam planos de projeto para entregar os resultados desejados. Trabalho que exige armazenamento profundo de dados, enorme poder de computação e habilidades sob demanda. Conquistar vantagem competitiva com IA generativa exigirá compartilhar ações com parceiros do ecossistema.

Para Fabrício Lira, diretor de Ecosystem da IBM Brasil, as necessidades atuais dos clientes não podem ser atendidas por um único fornecedor, portanto, o papel do ecossistema de parceiros é cada vez mais importante – se tornando um motor de crescimento para as empresas. “A maneira mais eficiente de auxiliar as empresas a acessar total e rapidamente o potencial da IA generativa é por meio de um ecossistema de parceiros com acesso à tecnologia, que é precisa, escalável e adaptável, em consonância com as habilidades e experiência para resolver problemas reais”, explica.

Para o executivo da IBM, os parceiros são fundamentais para um caminho de rápido crescimento e adoção da IA pelas empresas. “O ecossistema da IBM cultiva dezenas de milhares de parceiros em todo o mundo e uma rede de meio milhão de desenvolvedores para ajudar a companhia a encontrar os clientes onde eles estão. Esse alcance e escala levam as soluções do cliente ao mercado quatro vezes mais rápida e impulsionam o crescimento de forma exponencial”.

PROA.AI e IBM: IA generativa para pequenas e médias empresas

Neste contexto das parcerias, a PROA.AI, referência na consultoria de assistentes virtuais e na implantação de inteligência artificial, anuncia colaboração com a IBM e apresenta a solução C.AI.S, uma plataforma “plug and play” que descomplica a criação de bots, empregando tanto a IA generativa quanto a IA tradicional. No núcleo da solução está IBM watsonx.ai, com base nas melhores e mais transparentes tecnologias abertas, assegurando simplicidade e confiabilidade em cada etapa.

A plataforma é diferenciada pelo suporte à pequenas e médias empresas no desenvolvimento de chatbots. Com a proposta inovadora de “bot que cria bots”, a solução permite a construção de assistentes virtuais em minutos usando modelos pré-configurados e personalizáveis de acordo com as necessidades específicas do negócio. Ao alavancar as capacidades de IA generativa, o C.AI.S permite a criação rápida e intuitiva de assistentes que interagem e respondem de maneira muito mais natural e precisa, graças à integração com o watsonx.ai e Watson Discovery.

Além disso, o C.AI.S facilita a sustentação com seu módulo de curadoria avançada, possibilitando melhorias em tempo real. Para monitoramento, os usuários têm acesso a um painel detalhado, destacando indicadores-chave e interações entre o assistente virtual e o cliente.

Como resultado, o novo modelo oferece um serviço com ainda mais autonomia e dinamismo, fornecendo um método de respostas intuitivo e orientado a dados, por meio de uma interface de IA conversacional integrada a um repositório de documentos abrangente. O C.AI.S permitiu à PROA.AI identificar e explorar novas verticais de mercado e demandas dos clientes, conduzindo à criação de novas funcionalidades e melhorias contínuas do produto, que podem ser vistas e testadas na plataforma.

Por fim, a proposta é que a ferramenta seja escalável e atinja cada vez mais empresas, expandindo o conhecimento sobre a tecnologia e gerando resultados de negócios à PROA.AI. As expectativas, claro, são altas: segundo estudo desenvolvido pelo Gartner, 55% das empresas se interessam ou já estão em fase de testes ou de produção com IA generativa.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar