Onde estão os jovens publicitários do Vale? Ou como se renova sem o novo?

Assine nossa newsletter

Alguns eu já sei a resposta. Eles não estão no Vale. Alguns inclusive sendo premiados, como é o caso da Juliana Matheus, talento formado na Unitau e que desde sempre a gente sabia que ia arrebentar e foi assim.

Mas há também os que estão para se formar agora e os que se formaram recentemente e ou trabalham em agências locais(ou empreenderam), mas não vemos estes participando das recentes discussões ( aqui, aqui e aqui) sobre o mercado de comunicação no Vale do Paraíba(ou vemos bem poucos para não generalizar).

Chutaria que por ano as Faculdades da região soltam no mercado pouco mais de 100 profissionais. Nos últimos 3 anos 300? E onde vocês estão?

Duas teorias.

Teoria 1

Assine nossa newsletter

Eles não se importam porque isso não é com eles. Mas deveria ser, mas não sou eu que vou dizer isso e sinceramente acho mesmo que eles não vão se envolver.

Teoria 2

Eles acham que não tem voz ou relevância nesta discussão. Mas para estes eu quero dizer que sim, vocês tem e deveriam ter voz. Na real a voz deveria ser de vocês já que o mercado será de vocês. Todos tem falado da necessidade de renovação. Mas como se renova sem o novo?

Há sim cabeças brilhantes circulando por aí que não vou citar para não correr o risco de magoar ninguém, mas convivo e acompanho boa parte destes e sei que tem muito a contribuir com tudo isso.

Há que reclame no congestionamento do trânsito, mas esquece que ele – o reclamante – é o trânsito.

E há quem reclame do mercado de comunicação local, mas adivinhe, o mercado de comunicação é você!

Assine nossa newsletter
Sem comentários
  1. spaziomidia Diz

    Muito bom Armindo,

Comentários estão fechados.