Produto que virou cult na internet agora em novas versões, inclusive uma zero açúcar

Assine nossa newsletter

Sensação desde seu lançamento, a Paçoquita Cremosa acaba de ganhar novas versões que prometem agitar o mercado e os fãs do mais tradicional doce de amendoim do Brasil. Atendendo aos pedidos de milhões de brasileiros, a Santa Helena lança a versão zero açúcar de 180g e amplia a linha da Paçoquita Cremosa tradicional com novos tamanhos: 350g e 1,01kg. Os lançamentos devem chegar às lojas a partir de abril.
A Santa Helena, líder do segmento de doces e confeitos à base de amendoim no Brasil, aposta nas novas versões para ganhar novos públicos e agradar os aficionados pelo doce. Mantendo as características do produto original, os lançamentos ampliam ainda mais as formas e momentos de utilização da Paçoquita Cremosa. A versão zero, de 180g, é uma ótima alternativa para o público que deseja ou necessita restringir o consumo de açúcar na alimentação, como diabéticos e gestantes.
O novo tamanho de 350g vem para agradar ainda mais os fãs fervorosos do produto. O produto que já virou mania nacional era disponibilizado apenas na versão de 180g. Já o pote de 1,01kg é destinado ao mercado culinário, para ser utilizado como ingrediente no preparo de diferentes receitas, permitindo fácil manuseio e acesso ao produto. Outra novidade também ficou por conta das balas Paçoquita, que agora aparecem na versão de 5g.
Segundo Luciana Persoli, gerente de marketing da Santa Helena, o doce já faz parte do dia a dia do brasileiro porque o consumidor reconhece na Paçoquita um produto de extrema qualidade e versatilidade, estabelecendo uma relação muito afetiva com a marca ao longo do tempo. “A Paçoquita Cremosa mostrou o quanto o consumidor aprecia inovações em marcas nas quais já possui uma relação de confiança estabelecida. Ela mantém todas as características que fazem da Paçoquita um produto irresistível, delicioso e único: amendoim torrado no ponto ideal, sabor característico, textura com pedacinhos de amendoim e alta qualidade de matérias-primas.”
Carregada de brasilidade e muito querida do consumidor, a Paçoquita Cremosa tem propriedades distintas das pastas de amendoim consumidas fora do país. Em função da sua ótima textura e sabor, as possibilidades de consumo e combinações com ingredientes são muito grandes. “A venda realizada em 2014 foi superior a 2,5 milhões de unidades, e por isso resolvemos ampliar a família Paçoquita Cremosa. Nosso objetivo é estar ainda mais presente no dia a dia dos brasileiros, com uma infinidade de possibilidades de consumo, tanto pura ou acompanhada de pães, biscoitos, frutas e até mesmo como ingrediente de receitas, como recheio de bolos e doces”, conta Luciana.
Todos os lançamentos têm a garantia de procedência da Santa Helena, atestada pelo selo Pró-Amendoim, da Abicab (Associação Brasileira das Indústrias de Chocolate, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados). Além disso, o amendoim é livre de glúten, rico em proteínas, fibras, antioxidantes e fitoquímicos, auxilia no controle do peso, da gordura abdominal e dos níveis de açúcar no sangue e diminui o risco de doenças cardiovasculares.
A Fan Page (facebook.com/pacoquita), o hotsite (www.pacoquita.com.br) e o perfil no Instagram (@euamopacoquita) terão conteúdos e dicas exclusivas sobre os lançamentos.
Sucesso internacional
A Santa Helena continua apostando cada vez mais na internacionalização de seu mix de produtos. Recentemente, a empresa levou a Paçoquita Cremosa para eventos na Alemanha e Inglaterra.
Com rótulo em inglês e espanhol, a Paçoquita Cremosa vem para reforçar ainda mais a presença internacional da Santa Helena. “A meta é ampliar nossas exportações nos próximos anos sempre com produtos repletos de brasilidade. O lançamento internacional da versão cremosa estreita ainda mais a relação com consumidores de outras localidades e traz novos mercados. Ela já está presente no dia a dia do brasileiro, e agora consumidores do mundo todo também poderão conhecer este sucesso”, segundo Mirella Figueiredo, gerente de Exportação da Santa Helena.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.