10 coisas que aprendi com 5 revolucionários sociais

Assine nossa newsletter

Semana passada estive num evento da Tim, o TIMx, e pude assistir cinco palestras memoráveis no melhor estilo TED Talks. Aliás eu lembro como se fosse ontem de quando eu participei do primeiro TEDx aqui no Brasil o TEDxSaoPaulo. Eu sai de lá devastado por ver tanta gente fazendo tanta coisa legal e eu não.
Foi uma sensação parecida que tive na semana passada com pessoas criando coisas incríveis e com a certeza que a gente sempre pode fazer mais. Então compartilho com vocês as dez coisas que aprendi com os 5 revolucionários sociais que estavam no evento.

Urine Levine – criador do Waze
IMG_20160415_110602_HDR

1 – Tente resolver problemas grandes, muito grandes
2 – A inteligência coletiva de dados vai ser sempre maior que a inteligência individual. Dê ferramentas para que as pessoas possam compartilhar dados.

Anderson França – Wikihouse Brasil

DSCN0115
3 – Precisamos repensar o desenho das cidades para algo que combine mais com o futuro. Estamos em 2016 e pessoas ainda vivem em barracos com situação precária.
4 – Inovação, tecnologia e criatividade podem ser soluções poderosas para resolver os problemas dos mais necessitados. Empodere as pessoas

Assine nossa newsletter

Jonas Kroustrup – Chief Resiliencie Officer da cidade de Vejle

DSCN0126
5 – A tecnologia pode mudar a experiência que as pessoas tem com a cidade, deixando-a de fato mais inteligente e a serviço do cidadão.
6 – Tecnologia nas cidades não é só perfumaria, pode salvar vidas, e fazer com que uma cidade se recupere mais rápido em caso de acidentes ambientais, por exemplo.

Gleen GreenWald – jornalista que ficou ainda mais reconhecido com o caso Wikileaks

DSCN0134
7 – As corporações estão faturando milhões com a venda de dados de usuários. Precisamos ficar mais de olho e participar das discussões sobre privacidade.
8 – Uma empresa aberta e transparente não vai ter problemas de vazamentos porque não há o que vazar, já uma que tem uma prática danosa pode dar de cara com hacktivistas em algum momento e sua situação ficar insustentável.

Profa. Jonilda Ferreira – campeã na formação de alunos medalhistas nas Olimpíadas de Matemática

DSCN0146
9 – Não importa seu contexto social: é possível contagiar pessoas para a mudança.
10 – Mesmo quando não se tem ferramentas apropriadas é possível improvisar com o que tem. Mesmo sem recursos na escola a professora ensina matemática no supermercado, fazendo pizza na cozinha e até no posto de combustível.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.